Colocado em 26. Outubro 2016 In Santuário Original

Um lugar de encontro e de descanso

SANTUÁRIO ORIGINAL, P. Bladimir Navarro Lorenzo •

Em 18 de outubro, o Padre Bladimir Navarro Lorenzo, sacerdote cubano da União de Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt em Cuba, esteve em Schoenstatt. Concelebrou a Missa na Igreja de Peregrinos. A pedido do P. Egon M. Zillekens, compartilha sua experiência destes dias.

 

Schoenstatt, para mim, é um lugar de encontro e de descanso. De encontro com a Mãe, claro está, mas desta vez de maneira especial com o Padre Kentenich. Cheguei a este “belo lugar” com dois matrimônios jovens de Madrid, e juntos percorreremos, ajudados por uma Irmã de Maria, lugares onde o Padre viveu ou esteve. Lugares que nos ajudaram a nos encontrar com uma personalidade de pai. Homem próximo e amigo. Como jovem sacerdote sinto como um desafio o que o Padre Fundador viveu e nos deixou para toda a família de Schoenstatt, mas principalmente aos sacerdotes: uma vida entregada como a do bom pastor “que dá a vida pelos seus e por amor”.

img_3756

Lugar de encontro com outros schoenstatteanos

Um lugar de encontro também com outros. É impressionante sentir-me família de muitos que nem conheço nem falam o mesmo idioma. Uma vez mais, experimentei a universalidade de Schoenstatt e até onde pôde chegar esta ideia predileta do Padre Fundador. É tal a grandiosidade deste lugar, que se sente a necessidade de compartilhar o que está vivendo com todos.

Lugar de encontro também comigo. Schoenstatt é um lugar especial para o silêncio e a oração. Para reencontrar-se com o ser. No meu caso, com meu ser sacerdotal e a razão da minha entrega hoje. Para “voltar ao primeiro amor” e renovar meu sim a Deus e a Mãe: e isso fiz precisamente neste dia de renovação de aliança.

 

Descansar em boas conversas

E, por que descanso? Com o tempo, aprendi que é necessário parar e “carregar bateria”. Isso é, descansar, e se o fazemos em Deus e com os amigos, muito melhor. A casa Marienau, da União de Sacerdotes, ajuda a consegui-lo, ademais da companhia e as boas conversas. Também Jesus ia ao monte a descansar com seus amigos. E eu, aqui no Monte Schoenstatt encontrei descanso.

Sinto a necessidade de sair

Por último, o encontro e o descanso me lançam à missão. Como há dois anos, no Jubileu do centenário de Schoenstatt, sinto a necessidade de sair, de anunciar, de comunicar tantas graças vividas em família. O Padre Juan Pablo Catoggio, em sua homilia na missa internacional deste dia de aliança, nos disse: “um Schoenstatt misericordioso e missionário”.

 

 

img_3769

Fotos: Vicky Forn, Madrid

Original: Espanhol. Tradução: Lena Ortiz, Ciudad del Este, Paraguay

Etiquetas: , , , ,