Colocado em 2020-09-21 In Santuário Original

Mais de mil cartas para a MTA no fogo da Aliança

SANTUÁRIO ORIGINAL, Maria Fischer •

Saberiam os schoenstatteanos que, na tarde de 18 de Setembro, renovaram a sua Aliança de Amor no Santuário Original, cantaram e conversaram, que enquanto os pequenos papéis com as contribuições para o Capital de Graças recolhidas na nova grande talha estavam a ser queimados na pira, milhares de pessoas estavam presentes, nesse momento, juntamente com eles. Entre os papéis estavam cerca de 60 folhas de papel cheias de nomes – ou melhor, cabeçalhos de mensagens – que tinham chegado através de schoenstatt.org durante as semanas anteriores.—

É uma oferta feita pela redacção de schoenstatt.org desde há cerca de 9 anos, que retoma uma tradição dos Congregados nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial que, enviavam as suas petições, agradecimentos e compromissos a Schoenstatt para que o Pe. Kentenich os depositasse na sua capela, a que anos mais tarde iríamos chamar Santuário Original.

Mensagens e cartas de países como Argentina, Brasil, Espanha, Portugal, Alemanha, Chile, Estados Unidos, México, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Croácia, Índia, Áustria, países onde sabemos que existem grandes Famílias de Schoenstatt; mas também há cartas da Indonésia, Dubai, Colômbia, Itália, Namíbia, França.

Apenas a MTA lê as cartas, que estão cheias de confiança, amor, e dor. Cartas que alimentam o Capital de Graças do Santuário Original e de todo o Schoenstatt, cartas que fazem parte deste grande circuito global do “Nada sem ti, nada sem nós”.

Fotos: Pedro M. Dillinger

Original: Espanhol (20/9/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *