Colocado em 2009-10-12 In Santuário Original

Revivendo os sete sacramentos

Missa do grupo no Santuário OriginalCássio Leal. Um grupo de brasileiros bastante entusiasmados de 6 estados diferentes do país estiveram 5 dias em Schoenstatt – que para eles foi o ponto principal da viagem – em uma grande peregrinação por diversos lugares santos da Europa.

 

 

Outono no Santuário OriginalSem dúvida o “Velho Continente” é um lugar cheio de belezas, pontos turísticos famosos e história que enche os olhos de qualquer turista ou viajante. Porém, há também uma infinidade de Santuários Marianos, Igrejas e lugares santos que recebem milhares de peregrinos todos os anos. Um grupo de brasileiros bastante heterogêneo vindos de 6 Estados (Pernambuco, Bahia, Rondônia, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) optou por uma viagem à Europa visitando vários Santuários e templos sagrados para a nossa Igreja. Como a maioria do grupo participa do Movimento de Schoenstatt em seus Estados e a responsável pela peregrinação é a Irmã Raquel do Instituto Secular das Irmãs de Maria em Santa Maria, tiveram em Schoenstatt o ponto central da viagem.

Uma maratona pelos lugares santos da Europa

Ônibus dos Brasileiros saindo para ColôniaO grupo de 32 peregrinos, acompanhados pela Ir. Raquel e os Padres Rodrigo e Pablo da diocese de Santa Maria, primeiro foram à Espanha (Barcelona), seguiram viagem à França (Paris e Lourdes) e daí chegaram à Schoenstatt onde passaram 5 dias conhecendo todo o vale e os principais lugares históricos que envolvem o Movimento. No dia 10 pela manhã seguem caminho à Dachau para conhecer o Campo de Concentração onde esteve preso o Pe. Kentenich e a maratona continua por Suiça (Quarten, Santuário das Irmãs de Maria), Itália (visitando santuários de Pádua, Assis, Cássia e logicamente Roma) e terminando em Portugal (Santuário de Fátima). Ao todo serão 22 dias de viagem, bastante intensos…

Ir. Raquel, Pe. Rodrigo e Pe. Pablo no Monumento aos HeróisA Ir. Raquel relata que apesar do grupo ser de diferentes partes do Brasil, o entrozamento entre eles está sendo muito bom e há um forte espírito de oração. Por alguns lugares santos que o grupo está passando, eles estão renovando um dos Sacramentos da Igreja, como em Gymnich – lugar onde nasceu o Pe. Kentenich – renovaram as promessas batismais na mesma pia batismal onde o Pai Fundador foi batizado. Assim, em outros lugares santos, os casais renovaram o Sacramento do Matrimônio, os Sacerdotes o Sacramento da Ordem… e assim, cada peregrino poderá renovar também a sua vocação perante o plano de Deus.

Como há quase 100 anos atrás, muitos também entregam seus corações

Renovação da Aliança de Amor no Santuário OriginalNo dia 9 de outubro, em um bonito dia de outono, grande parte do grupo selou sua Aliança de Amor no Santuário Original. Em um momento de oração e cantos, os peregrinos fizeram as suas orações da Aliança e receberam das mãos dos Padres Rodrigo e Pablo, medalhas da MTA como símbolo da Aliança que acabavam de realizar com a Mãe de Deus, no mesmo lugar onde há quase 100 anos os primeiros congregados também realizavam o mesmo gesto com o Pe. Kentenich. Muitos se mostraram emocionados e felizes por realizar o sonho de estar no Santuário Original e também de fazer ali sua Aliança.

Sr. Maurino com a Peregrina na porta do Santuário logo após selar a AliançaO Sr. Maurino Bastos que participa do Movimento, da cidade de Tubarão em Santa Catarina, expressa a sua alegria em selar a Aliança no Santuário Original: “…para mim, estar em Schoenstatt é uma oportunidade de encontrar-me interiormente, voltar ao passado e fazer uma reflexão sobre a minha vida, em que posso melhorar e como ajudar o meu próximo”.

Trocando uma viagem turística por uma grande peregrinação para conhecer Schoenstatt

A Sra. Hilda Argolo, da cidade de Salvador – Bahia, relata que antes de vir a Schoenstatt, ela conhecia muito pouco do Movimento… é uma peregrina do Santuário de Schoenstatt em Salvador, mas, que só visitou o lugar 2 vezes: “a minha intensão era fazer uma viagem de turismo pela Europa, mas, os meus planos não estavam dando certo. Sra. Hilda, Ir. Raquel e um casal que também selou a Aliança com a MTANa minha segunda visita ao Santuário de Salvador, depois da missa, vi o mural de avisos e lá estava um anúncio da peregrinação que a Ir. Raquel estava organizando desde Santa Maria, me animei e liguei para ela! Havia somente mais uma inscrição livre e a última, parece que estava destinada para mim… estou muito feliz em conhecer Schoenstatt e mais coisas sobre o Movimento e está valendo muito à pena essa viagem, melhor do que a viagem de férias que eu estava pensando em fazer antes somente como turismo”.

Os peregrinos brasileiros ainda vão passar por muitos lugares santos, cada um com sua história e benção particular, mas, a passagem por Schoenstatt marcará de forma especial a vida de cada um.

 

Todo o grupo reunido à sombra do Santuário Original

 

 

 

Fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *