Imagen del fundador

Colocado em 2021-01-28 In José Kentenich

O 20 de Janeiro em Mar del Plata: primeira visita do Bispo Auxiliar

ARGENTINA, María Jimena Ciuró •

No dia 20 de Janeiro p.p., a Família de Schoenstatt de Mar del Plata celebrou o aniversário do 2º marco histórico do Movimento com a primeira visita do Bispo Auxiliar da Diocese, Monsenhor Fray Darío Quintana, ao Santuário de las Nuevas Playas. Aí, foi recebido por um grande número de famílias com os seus filhos, presidiu à Santa Missa e abençoou uma nova imagem do fundador que se encontra no “memorial do Padre Kentenich”. —

Trabalhar pela nossa santidade e abraçar a cruz que nos calhe viver

Minutos antes da Eucaristia, o Bispo Auxiliar abençoou a imagem, e durante a bênção, o Padre Juan Cruz Mennilli, capelão do Santuário, disse aos fiéis “O Padre Kentenich disse que o caminho para ele ser livre no exterior (do campo de concentração de Dachau) era se nós, como Família, trabalhássemos pela santidade, pela nossa liberdade interior. Sempre rezámos, insistentemente, pela sua pronta beatificação mas sobretudo pela libertação do carisma para a Igreja e para o mundo… Bem, o caminho é precisamente esse: poder continuar a trabalhar pela nossa santidade e abraçar a cruz que nos calhe viver. Pedimos ao Senhor que, com este simples gesto da bênção deste memorial, possamos oferecer-nos em estreita união, em solidariedade de destinos com o nosso pai fundador.

Depois, todos se dirigiram ao salão próximo do Santuário e, tendo em atenção os protocolos sanitários em vigor, iniciou-se a celebração da Eucaristia. Na Homilia, Monsenhor Darío expressou “por vezes sentimos que os nossos braços estão cruzados por causa das nossas fraquezas, dos nossos pecados, sentimos que as nossas mãos estão atadas porque não temos a capacidade de agir como gostaríamos; por esta razão precisamos do Senhor e do seu Espírito. Com a Sua graça somos capazes de nos lançarmos na aventura de proclamar o Reino no meio de um mundo incrédulo, um mundo que nos surpreende dia após dia nas suas escolhas, como o nosso país, que sofreu o golpe da lei do aborto e tantas outras coisas que nos desconcertam diariamente. Isto mostra que estamos num mundo que precisa de Deus, que precisa de Jesus, que precisa de estender a sua mão para que o Senhor o cure.

Levar a luz e ser anunciadores corajosos do Reino

Finalmente, Monsenhor Darío sublinhou, “o Movimento de Schoenstatt tem a iluminação constante do fundador, desta graça que o Senhor dá em primeiro lugar à pessoa e que é o que chamamos o ‘carisma do fundador’, e através desta pessoa o Espírito Santo desperta nos fiéis que o precedem”. Desta forma, encorajou todos os fiéis do Movimento a estarem sempre atentos à voz do Espírito Santo, “não se deixando levar pelos ritualismos, mas sim unidos a Deus no meio das actividades temporais”. Desta forma, os jovens podem trazer luz a outros jovens, famílias a outras famílias e, desta forma, serem instrumentos de Deus, anunciadores corajosos do seu Reino”.

No final da Eucaristia, o Bispo recebeu um pequeno presente do grupo do “Secretariado do Padre Kentenich” como sinal de afecto e gratidão por esta visita neste dia tão especial para todos os schoenstatteanos. Monsenhor Quintana expressou gratidão a todos pelo presente, mas sobretudo pelo convite para participar na celebração e, desta forma, poder encontrar-se com tantos casais e famílias do Movimento neste lugar tão querido.

Mar del Plata

Original: Espanhol (24/1/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *