Colocado em 2018-10-29 In José Kentenich

A Família de Chaco no encerramento do Ano do Padre Kentenich

ARGENTINA, 15 de Setembro de 2018, Griselda Pereyra/ Grupo comunicação da Diocese juntamente com os coordenadores diocesanos  •

Toda a Família de Chaco se reuniu no sábado 15 de Setembro para comemorar o 50º aniversário da partida para a eternidade do Pai e Fundador José Kentenich. Numa jornada cheia de alegrias e emoções foram levadas a cabo diversas actividades no Terruño, o local onde será erigido o futuro Santuário Filial de Resistencia, Chaco. Ganharam os “aluninhos do Pai”.

Às 6 da tarde começou o concurso “Conhecê-lo é amá-lo”, uma iniciativa da Obra das Famílias que convocou a participação de membros de todos os Ramos do Movimento. Formaram-se 10 equipas que, competiram entre si, através de perguntas sobre a vida do Padre Kentenich e sob a supervisão de um júri.

O grande prémio foi ganho pelo grupo “Os aluninhos do Pai”, formado por crianças que demonstraram o seu grande conhecimento sobre a obra do nosso Fundador. A equipa foi galardoada com uma viagem ao Santuário de Santa Maria, no Brasil.

Uma chuva de testemunhos pessoais

A seguir, foi celebrada a Santa Missa em homenagem ao encerramento do Ano do Padre Kentenich que, contou com uma grande convocatória. Ao terminar a celebração, foi passado um vídeo com os testemunhos de diferentes membros dos Ramos que expressaram como viveram o Ano que terminou e como continuarão a viver a missão do Fundador.

Nesse momento, viveram-se emoções de alegria e de nostalgia ao recordarmos a obra e o legado que nos deixou o Pai. Foram os seus, carisma e coração, os que nos ensinaram a sermos instrumentos vivos em cada acontecimento que se nos depara.

O Padre Kentenich cria uma rede de vínculos

Como conclusão, conseguiu-se com esta maravilhosa jornada descobrir que nada é possível sem a ajuda da Família unida que, contribui para o Capital de Graças.

Desejamos que Deus e a Mater continuem a fortalecer estes vínculos e gerem mais canais de comunicação para continuarmos a conhecer-nos, partilhando a vida em Aliança com Maria, já que, por certo, há sempre muito para contar e para viver.

Original: espanhol (30/9/2018). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *