Colocado em 2016-03-15 In Francisco - Mensagem

Como se nos fosse dirigido: Francisco sobre…O olhar de Misericórdia de Jesus

Francisco semana a semana (8) •

A citação desta semana tirámo-la das palavras do Santo Padre antes do Ângelus de Domingo, 13 de Março, terceiro aniversário da sua eleição.

Leiamos, escutemos esta semana a mensagem a todos os fiéis como se nos fosse dirigida, um Movimento que encontra no Amor Misericordioso de Deus Pai “ o maior ponto de encontro entre o Papa Francisco e o Pe. Kentenich” (Pe. Juan Pablo Catoggio, Presidente da Presidência Geral de Schoenstatt), animado pelo Pe. Kentenich, “a edificar sobre o alicerce da Infinita Misericórdia de Deus Pai”, um Movimento que, em Outubro deste ano celebrará os 50 anos da Aliança com Deus Pai, o Pai Misericordioso.

“Quanto bem nos faz sermos conscientes de que também nós somos pecadores! Quando falamos dos demais – tudo coisas que conhecemos bem – , quando bem nos fará ter a coragem de deixar cair por terra as pedras que temos para jogar nos demais, e pensar um pouco nos nossos pecados!

Ficaram lá, sozinhos, a mulher e Jesus: a miséria e a misericórdia, um diante do outro. E isso, quantas vezes nos acontece quando paramos diante do confessionário, com vergonha, para mostrar a nossa miséria e pedir o perdão! “Mulher, onde estão?” (v.10), lhe diz Jesus. E basta esta constatação, e o seu olhar cheio de misericórdia, cheio de amor, para mostrar àquela pessoa – talvez pela primeira vez – que tem uma dignidade, que ela não é o seu pecado, ela tem uma dignidade de pessoa; que pode mudar de vida, pode sai das suas escravidões e caminhar em um novo caminho”.

Que a Virgem Maria nos ajude a confiar-nos totalmente à misericórdia de Deus, para nos tornarmos novas criaturas.  (Texto completo)

como dicho a nosotros

Contemplaremos esta mensagem, segundo o que conhecemos do Pe. Kentenich:

  • O que me diz, Francisco a mim, nos diz a nós?
  • O que digo a mim próprio (a) em resposta?
  • O que respondo a Francisco, em Aliança Solidária, como resposta?

Convidamos-vos a fazê-lo, pois estamos convencidos que Deus nos fala através de Francisco.

Convidamos-vos a entrarem em diálogo com Francisco, diálogo que cria encontro que, é cultura de Aliança.

Convidamos-vos e abrimos o espaço para entrarem em diálogo, deixando as vossas respostas como comentário ao fundo deste artigo… e respondendo aos que escreveram os seus pensamentos.

Coordenação da Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , , ,