Colocado em 2015-05-17 In Francisco - Mensagem

As comunidades medrosas e sem alegria estão doentes

Sexta-feira, 15 de maio: na Missa em Santa Marta o Papa Francisco afirmou que as comunidades medrosas e sem alegria não são cristãs. Partindo da leitura dos Atos dos Apóstolos, que a liturgia do dia propõe, o Santo Padre sublinhou que a atitude de medo não é boa conselheira, faz mal, enfraquece, limita e paralisa. E há comunidades que são medrosas e apostam só naquilo que é seguro – afirmou o Papa Francisco:

“Existem comunidades medrosas, que apostam sempre no certeiro: ‘Não, não vamos fazer isso… isso não, não se pode…’. É como se na porta de entrada estivesse escrito ‘proibido’: tudo é proibido, por medo. E quando se entra numa comunidade assim, sente-se o ar viciado, porque é uma comunidade doente. O medo faz adoecer a comunidade, a falta de coragem adoece uma comunidade.”

A outra palavra da liturgia deste dia é a ‘alegria’. “Ninguém pode tirá-la de vós”, diz Jesus. “E nos momentos mais tristes, nos momentos de dor” – ressaltou o Papa – “a alegria torna-se paz. Um cristão sem alegria não é cristão – declarou o Santo Padre:

“A alegria cristã, que não é um simples divertimento, não é uma alegria passageira; a alegria cristã é um dom, um dom do Espírito Santo. É ter o coração sempre alegre porque o Senhor venceu, o Senhor reina, está à direita do Pai; Ele olhou para mim e me enviou; deu-me a sua graça e fez-me filho do Pai… É esta a alegria cristã. Um cristão vive na alegria”.

O Papa Francisco concluiu a sua homilia afirmando que uma comunidade sem a alegria de Jesus Cristo é uma comunidade doente.

Fonte: RV

Source: ejempla.com

Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *