Colocado em 2016-07-13 In Juntos pela Europa

Somos o programa de Deus – Momentos da oração antes da Manifestação de “Juntos pela Europa”

JUNTOS PELA EUROPA – Impressões das orações ecuménicas de 2 de Julho de 2016 •

No dia 2 de Julho, na manhã anterior à manifestação, na Praça Stachus – ao ar livre e no meio do caudal de compradores, de transeuntes, utentes de telemóveis e peões futeboleiros – uma conjunto de participantes do Congresso de “Juntos pela Europa” conseguiu visitar as seis igrejas, nas quais se congregavam cristãos de diferentes Confissões, para realizar, simultaneamente, uma oração ecuménica. Por um lado, o encerramento do Congresso e, por outro, a preparação espiritual para a manifestação.

Os restantes participantes tinham-se decidido por uma das igrejas, em que a oração era feita, conjuntamente, por diferentes Comunidades e Movimentos, em diversas línguas.

IMG_9471

A bênção do Deus Trino, em três línguas, para três povos

Na igreja da Trindade, na Praça Pacelli, tinha sido preparada uma oração em alemão e em polaco. Mas, apareceram 20 russos que se tinham perdido e, os responsáveis foram suficientemente expeditos, em os incluir com espontaneidade, organizar a tradução e pôr um dístico de “Juntos” que, provavelmente, nenhum deles esquecerá. No final, imploraram em três línguas, a bênção do Deus Trino para os três povos.

IMG_9462

Deus fez em mim, maravilhas

Da língua anunciada na igreja de S. Miguel, o espanhol, não se ouviu uma palavra até ao fim, contudo, com as actuações do conjunto Immanuel Lobpreis-Werksttat, de Ravensburg, acenderam-se os corações de todos, também dos que não falavam alemão.

Do pulso de uma senhora que, levantou os braços em sinal de louvor, balançavam-se três Terços. Também “juntos”.

Bernd Oettinghaus da Aliança Evangélica, atreveu-se a assinalar que “juntos” é uma “alternativa para o medo do outro”. Disse que, o programa da tarde, de música e discursos na Praça Stachus, não era decisivo porque “nós somos o programa”. Partindo da passagem da Escritura em que duas mulheres, Isabel e Maria, se encontram, o Pe. Ludwig Güthlein, Director do Movimento de Schoenstatt na Alemanha, animou o encontro, superando e rompendo a tendência de proteger o mesmo, construindo muros cada vez mais altos. Valeria a pena, contar somente, o que Deus de grande, fez, em nós. No final, este encontro teve a sua expressão na oração em pequenos grupos, nos quais, todos rezaram com e pelo outro e, se abençoaram, mutuamente, para saírem para a cidade, ao encontro das pessoas que passarão “sem saber”, pela Praça Stachus e, quem sabe, sejam tocados num ou noutro momento.

IMG_9480

Mais informação, Fotos, Vídeos, Documentação: www.together4europe.org

Original: alemão. Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *