Gnadenbild Maria Knotenlöserin in Buenos Aires

Colocado em 2021-05-29 In Francisco - iniciativos e gestos, Santuário Original

Unido a muitos outros Santuários, o Santuário Original está presente no último “Terço pelo fim da pandemia”

SANTUÁRIO ORIGINAL, Maria Fischer •

O Papa Francisco tinha apelado a uma iniciativa de oração mundial para o mês de Maio para pedir o fim da pandemia do Coronavírus. O Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, responsável no Vaticano, escolheu um Santuário Mariano para cada dia do mês. Desta forma, a oração será levada aos Santuários dos cinco continentes. —

Havia e ainda há uma intenção concreta de oração para cada dia, cada um dos 30 Santuários rezava o terço num quadro pouco definido e sempre na respectiva língua nacional. A iniciativa foi levada a cabo em alguns Santuários de Schoenstatt e Ermidas, simultaneamente ou em diferido.

Para as Dioceses e para os países dos 30 Santuários foi uma honra e uma alegria participar

Os lugares de peregrinação mais importantes ligados em rede

O Bispo Dr. Stefan Oster SDB (Passau) disse na véspera do Terço no local de peregrinação Altötting: “A rede de oração do Papa Francisco é uma iniciativa impressionante da Igreja mundial. O Papa tem-nos chamado mais frequentemente a confiarmos no poder da oração durante a pandemia”. Ele disse que era um bom sinal unir os locais de peregrinação mais importantes do mundo em oração durante o mês de Maria, em Maio. “Estou grato por ter sido escolhido o lugar de graças de Altötting. Todos os fiéis são convidados a juntarem-se a nós amanhã para rezar o Terço como um sinal poderoso contra a resignação e o desânimo. Podemos ter esperança e Deus ajuda-nos a fazê-lo”, disse o Bispo Oster.

Este Terço mundial foi tão comovente que no último dia, 31 de Maio, muitos mais Santuários querem estar presentes.

A boa notícia é que neste último fim-de-semana de Maio, todos aqueles que já se tinham habituado às transmissões em directo das Santas Missas regulares em diferentes línguas, terão de passar sem elas devido a um evento organizado pelo Movimento de Schoenstatt alemão, mas na segunda-feira, 31 de Maio, o Santuário Original estará presente juntamente com muitos outros.

O Santuário Original também participa

Os seguintes Santuários estarão em directo: Nossa Senhora de Schoenstatt em Vallendar (Alemanha); Notre Dame de Boulogne em Nanterre (França); Nossa Senhora das Dores em Kibeho (Ruanda); o Santuário Nacional de Maipú em Santiago (Chile); Nossa Senhora de Os Gozos em Ourense (Espanha); o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes em Carfin (Escócia); o Santuário de Nossa Senhora dos Milagres em Caacupé (Paraguai); e o Santuário de Nossa Senhora da Saúde em La Spezia (Itália).

“O nosso Santuário Original em Schoenstatt é também um destes Santuários. O Papa Francisco rezará a partir dos Jardins do Vaticano, e muitos Santuários do mundo inteiro acompanharão a oração num grande ecrã.

Está cordialmente convidado a juntar-se a nós em directo no Santuário Original ou através da Internet. O Terço será rezado em cinco línguas diferentes para honrar a diversidade da nossa Família Internacional”, disse o Reitor do Santuário Original, Padre Pablo Pol, numa carta da Central dos Peregrinos para os responsáveis do lugar de Schoenstatt.

Será possível participar na conclusão da maratona de oração no Santuário Original através da Internet: A transmissão pode ser seguida através dos canais convencionais:

Urheiligtum

Maria, Desatadora de Nós

A recitação do Terço do Santo Padre do Rosário da Gruta de Lourdes, nos Jardins do Vaticano, será transmitida nos canais dos meios de comunicação sociais do Vaticano.

Francisco começou a iniciativa internacional de oração a 1 de Maio na Basílica de São Pedro com uma oração do Terço diante da imagem de Maria, “Mãe do Perpétuo Socorro”. O Papa concluirá a iniciativa com uma oração perante outra imagem de Maria que significa muito para ele: Maria, Desatadora de Nós.

A pintura a óleo, pintada por volta de 1700, é obra de um pintor alemão – Johann Georg Melchior Schmidtner – e encontra-se na igreja de São Pedro em Perlach, Augsburgo. O Papa Francisco sempre sentiu uma grande veneração por esta pintura e estendeu esta devoção a Buenos Aires e à Argentina. A pintura mostra Nossa Senhora a desatar os nós de uma fita branca segurada por dois anjos. À sua volta encontram-se cenas bíblicas que fazem referência simbólica à esperança, à misericórdia e à vitória sobre o mal.

A cópia do quadro original, que ficou conhecida em toda a Baviera durante uma peregrinação de todas as Dioceses bávaras a Augsburg em 2015, será levada a Roma pelo Bispo Meier de Augsburg. Perante esta imagem, a intercessão de Nossa Senhora será implorada para “dissolver” o sofrimento que ligou o mundo neste tempo de pandemia, de dificuldades económicas, psicológicas e sociais.

Cinco “nós” para desatar

O Papa Francisco quer confiar cinco intenções de oração a Nossa Senhora: cinco “nós” para desatar a fim de devolver a esperança às pessoas. O primeiro nó tem a ver com as relações feridas: a solidão e a indiferença que se agravaram nestes tempos. O segundo nó representa o desemprego, que afecta especialmente os jovens, as mulheres e os pais de família. O terceiro “nó” trata do drama da violência: e com isto entende-se não só a violência doméstica – especialmente contra as mulheres – mas também as tensões sociais que a insegurança que acompanha a crise do Coronavírus exacerbou. O quarto “nó” tem a ver com o progresso humano, especialmente para os mais pobres. O quinto “nó” a ser desatado diz respeito ao cuidado pastoral: as Igrejas locais devem redescobrir o entusiasmo pela vida pastoral.

Knotenlöserin, AugsburgMais:

Original: alemão (27/5/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *