Costa Rica

Colocado em 2022-07-30 In Dilexit ecclesiam

O olhar de Maria

COSTA RICA, Pe. José Luis Correa/mf •

Em preparação para 2 de Agosto, festa de Nossa Senhora dos Anjos, declarada Padroeira da Costa Rica e protectora das Américas pelo Papa João Paulo II, o Pe. José Luis Correa foi convidado a presidir e a pregar na Missa da tarde na Paróquia de Nossa Senhora dos Anjos em Ipiz de Guadalupe. —

No seu sermão, o Pe. José Luis falou do olhar de Maria, da necessidade de nos deixarmos olhar por Ela e de olhar para Ela, com base nas palavras do Papa Francisco.

As formas de olhar de María

  • Ela olha para nós de tal forma que nos sentimos acolhidos no seu colo.
  • Se alguma vez notares que os teus olhos endureceram por causa do trabalho, cansaço (…) olha para Ela novamente; olha para Ela com os olhos dos mais pequenos (…) Ela limpar-te-á os olhos de cada ‘catarata’ que te impede de ver Cristo nas almas, curar-te-á de cada miopia que esbate as necessidades das pessoas (…) e curar-te-á de cada presbiopia que falha os detalhes. O olhar de Nossa Senhora cura.
  • A terceira forma do olhar de Nossa Senhora é a da atenção: Maria olha atentamente, vira-se toda e envolve-se totalmente com a pessoa que está à sua frente, como uma mãe, quando é só olhos para o seu filhinho que lhe está a dizer alguma coisa.
  • Maria olha para o todo, unindo tudo, o nosso passado, presente e futuro. Ela não tem um olhar fragmentado.
  • Quando tiverdes momentos escuros e feios, quando não sabeis como vos arranjar no fundo do coração não digo apenas “olhem para a Mãe” mas, “Vão lá, deixai-vos olhar por Ela, em silêncio (…) deixai-vos olhar por Nossa Senhora. Pela Sua mão, agarrando-se ao Seu manto (nas turbulências espirituais, devemos refugiar-nos sob o manto de Nossa Senhora (sob a Sua protecção refugiamo-nos). Não tenham vergonha, não façam grandes discursos: estejam lá e deixem-se cobrir, deixem-se olhar. E chorar.

Aprender a olhar como Maria

Também encorajou os fiéis a aprenderem a olhar como Maria: “Dai-me, Senhor, os olhos de Maria, para vos compreender, para vos seguir“, terminando com uma parte de um sermão do então Arcebispo Jorge Mario Bergoglio em Luján, em 1999:

“Precisamos do Seu olhar terno, do Seu olhar maternal, aquele olhar que nos descobre a alma. O Seu olhar cheio de compaixão e cuidado. E foi por isso que hoje lhe dissemos: Mãe, dá-nos o teu olhar. Porque o olhar de Nossa Senhora é um presente, não pode ser comprado. É um presente dela. É um presente do Pai e um presente de Jesus na cruz. Mãe, dá-nos o teu olhar… O olhar de Nossa Senhora ajuda-nos a olhar para aqueles que naturalmente olhamos menos e que mais precisam: os mais necessitados, os doentes, aqueles que não têm nada para viver, as crianças de rua, aqueles que não conhecem Jesus, aqueles que não conhecem a ternura de Nossa Senhora, os jovens que estão mal … Que não nos roubem o olhar de Nossa Senhora, que é um olhar de ternura e um olhar que nos fortalece a partir de dentro. Um olhar que nos torna fortes com fibra, que nos torna irmãos e irmãs, que nos torna solidários. Mãe, (…) que esse olhar me ajude a olhar melhor para os outros, a encontrar Jesus Cristo, a trabalhar para ser mais fraterno, mais solidário, mais ao encontro dos outros. E assim juntos podemos vir a esta casa de repouso sob a ternura do Seu olhar. Mãe, dá-nos o teu olhar.

Juntamente com o Padre José Luis celebraram a Missa, o Vigário paroquial, um novo sacerdote que celebrou o seu 30º aniversário nesse dia, e o pároco, Padre Ernesto, que já veio visitar o Santuário de Schoenstatt.

Original: espanhol (30/7/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.