Colocado em 13. Março 2019 In Dilexit ecclesiam

Ordenações sacerdotais em San Luis

ARGENTINA, Ana E. Anello •

Uma festa para toda a Diocese e especialmente para o Círculo Vocacional Padre José Kentenich! Uma verdadeira festa, as Ordenações sacerdotais de Alejandro Sardi e de Pablo Boffa.—

O Círculo Vocacional Padre José Kentenich nasce na Argentina em 5 de Maio de 1983, primeira quinta-feira do mês, com o anseio de mobilizar muitas orações para despertar vocações sacerdotais, religiosas e de leigos e, cooperar, deste modo, com a Igreja. Os seus membros em San Luis querem oferecer o fiel e fidelíssimo cumprimento do dever e uma intensa vida de oração por cada vocação que surge na sua Diocese de San Luis.

Uma multidão de pessoas entre, familiares, amigos, sacerdotes, religiosas e fieis, em geral, acompanharam Mons. Martínez que, pela imposição das mãos e pela oração de consagração, ordenou sacerdotes o Alejandro e o Pablo.

Eloquentes foram as palavras do Monsenhor, pastor e pai experimentado, ao dar as boas-vindas a estes novos sacerdotes, numa cerimónia que foi, ao mesmo tempo, singela e solene.

Alejandro, filho do Jorge e da Stella, membro do “Círculo Vocacional Padre José Kentenich”, escolheu como Lema Sacerdotal “Santificado seja o Teu nome, venha o Teu Reino” (Lc 11,2).

Pablo, originário de Justo Daract, escolheu para guiar o seu sacerdócio o Lema de Santa Teresa de Jesus: “Quem, de verdade, começa a servir o Senhor, o mínimo que Lhe pode oferecer é a vida”.

Monsenhor Martínez instou a comunidade a continuar a acompanhar, com a oração, com carinho, com proximidade e toda a ajuda possível onde quer que lhes caiba exercer o seu ministério.

Alejandro, filho da Paróquia de San Roque de San Luis, celebrou aí a sua primeira Missa. Nela, o Pe. Alan Sosa Tello, sacerdote de Schoenstatt, também exortou, na sua Homilia, a comunidade a compreender e a ajudar aqueles que deixam a sua vida para servirem o povo de Deus. Isto convida-nos a continuar a rezar e a oferecer ao Dono da Messe para que Ele envie mais trabalhadores com a certeza que “a vocação é a resposta do Deus Providente à comunidade orante” (JP II).

 

 Original: espanhol (7/3/2019). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *