Colocado em 2017-02-08 In Em Aliança solidária com Francisco

Bamberg na Alemanha está presente – em Aliança Solidária com Francisco! Com o selo do nosso carisma!

ALEMANHA, Maria Fischer  •      

“Na segunda-feira passada, todos os participantes no Encontro Diocesano estavam a favor da nossa participação. Foi-me outorgada a honrosa tarefa de comunicar: o Santuário da Solidariedade estará presente; fazendo jus ao seu nome” disse Renate Siebenkäs na semana passada.

Ou seja, o projecto que nasceu no “Dreamteam” (o círculo de colaboradores de schoenstatt.org). Pômo-nos em Aliança Solidária com o Papa Francisco, fazendo nossa a sua iniciativa de “pedidos de oração urgentes” a partir de Janeiro “com o selo do nosso carisma”; isto significa realizar contribuições concretas ao Capital de Graças pelas pessoas, pelas quais se fazem “os pedidos de oração no pulso do tempo”, em Janeiro, estas pessoas eram os sem-abrigo que estavam a sofrer com o frio inverno europeu, alguns não sobreviveram. O pedido de oração para o mês de Fevereiro foi anunciado no primeiro Domingo deste mês durante o Ângelus.

Santuário da Relação, Bamberg – Alemanha

O extra de Schoenstatt

“A ideia de que não rezemos, apenas, pelas intenções actuais mas que, através das contribuições ao Capital de Graças apoiemos o Papa, schoenstatteanamente, é simplesmente fenomenal! Existe, por acaso, alguma coisa mais valiosa? Quem sabe, sim… Visto que, dedicar-se ao tema do Capital de Graças foi para muitos schoenstatteanos um enriquecimento muito pessoal, com uma série de experiências reveladoras. O facto de que “o velho e bom Capital de Graças” seja tão actual e toque tão profundamente a alma, foi para muitos algo realmente novo e realmente bom.

O Movimento de Schoenstatt está presente!

Em Aliança Solidária com Francisco!

Com o selo do nosso carisma!

Rezar por estes pedidos e fazer contribuições ao Capital de Graças!

Como funciona?

Fazer contribuições ao Capital de Graças é muito simples:

Ofereço a Jesus e a Maria alguma coisa;

o que de qualquer modo tenho que realizar,

o que experimento,

o que sofro,

ofereço-o por…por exemplo, os pedidos do Papa.           

A maior parte das vezes, só penso em contribuições ao Capital de Graças quando, por fim, realizo uma tarefa desagradável que andava a adiar há muito tempo. Esta acção ofereço-a a Jesus e a Maria pelos pedidos do Papa, em Janeiro foram os sem-abrigo, aos quais estou ligada através das minhas actividades. De repente, dou-me conta que o desagradável de realizar essa tarefa, se converte em alegria, já que me sinto vinculada a pessoas desamparadas.

O Papa Francisco confia em que o mundo é capaz de mudar uma cultura de indiferença para uma cultura de encontro, no qual não fiquemos imóveis perante o sofrimento do nosso próximo mas que, desenvolvamos novas formas de oração e acção solidárias para aliviar o sofrimento.

E eu também estou presente! Rezar, contribuir para o Capital de Graças, mudar o mundo…

 

Cruz no caminho, perto do Santuário em Bamberg – Alemanha

Tornar visíveis os pedidos do Papa

“Queremos colocar os pedidos num lugar visível no nosso Santuário da Solidariedade, queremos colocar os pedidos no nosso dossier de oração e, com o nosso folheto que chega a mais de 170 leitores queremos promover este projecto para contarmos com mais orações” explica Renate Siebenkäs.

Desde este fim-de-semana, o texto com o pedido está afixado, claramente visível, no Santuário da Solidariedade. O Dr. Mahlmeister, Reitor do Santuário, encarregar-se-á de mudar os pedidos mês a mês.

Folhetos e material informativo, para dar a conhecer os pedidos e para convidar os próximos do Santuário da Solidariedade na cidade de Schesslitz, pertencente ao Arcebispado de Bamberg na Alemanha, estão prontos. “No texto que aparece quando se clica no link para aceder a este site de última hora, queremos dar a possibilidade de se subscrever o boletim de schoenstatt.org. Sem dúvida que, aqui há ainda montes de coisas para se por ao corrente”.

Vinculados à rede mundial

“Que alegria, podermos participar, unidos a Tucumán com uma solidariedade de coração muito especial! Sentirmo-nos vinculados uns aos outros através de uma rede mundial, para assim, renovarmos a cultura do encontro, faz-me crescer e encanta-me. Um agradecimento especial aos que “deram um toque” a esta ideia!

Também os termos: “pedidos de última hora” ou “oração no pulso do tempo” chegam-me e quero estar presente…”

 

Original: alemão, 30.01.2017. Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

1 Responses

  1. Iniciativa maravilhosa esta de Schönstatt a partir do Santuário da Solidariedade sair ao encontro do Papa Francisco no cultivo do cuidado pelos nossos irmãos mais desfavorecidos.
    Desta forma se renova a Igreja, desde a manhã de Pentecostes animada pelo Espírito de Jesus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *