JMJ Lisboa

Posted On 2022-10-23 In Igreja - Francisco - movimentos

Que nenhum jovem seja deixado de fora desta festa da juventude

JMJ LISBOA 2023, Pe. Pablo Valladares •

Cerca de 300 delegados de mais de 100 países e pertencentes a Conferências Episcopais, Movimentos e Associações de Bispos reuniram-se novamente, pela primeira vez presencialmente, após a JMJ no Panamá, devido à ruptura causada pela pandemia. A reunião internacional preparatória da Jornada Mundial da Juventude realizou-se em Fátima, Portugal. O Padre Pablo Valladares, Chile, participou na reunião e, a pedido do Padre José Luis Correa, partilha as suas impressões. —

JMJ Lisboa

O encontro que tivemos foi, como diz o título, um encontro com pessoas que trabalham e acompanham o mundo juvenil nos seus países e Dioceses, pelo que podemos dizer que o ambiente foi muito fraterno e cheio de fé, o que foi reforçado pelo facto de estarmos no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, que nos ajudou a que o trabalho fosse apoiado pela oração, especialmente o Terço, que rezámos todos os dias.

Durante estes dias pudemos também descobrir como a JMJ Lisboa se vai desenvolver, tanto os dias das Dioceses, também chamada Semana Missionária, como os locais dos eventos massivos em Lisboa: como a cidade da alegria, a Missa de abertura e a Missa de encerramento, entre outros.

Desde o início do Encontro, logo nas saudações protocolares, o Padre Awi salientou que a motivação do Papa é que nenhum jovem deve ser deixado de fora desta festa da juventude, para que todos os jovens do mundo sejam convidados: crentes e não crentes; e que se alguém não puder comparecer pessoalmente, pode segui-lo virtualmente, porque a JMJ não é para poucos, mas para todos. Cada jovem é e deve ser um protagonista da história e não um mero consumidor da mesma.

 

Original: castelhano (21/10/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

Tags : , , , , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published.