Colocado em 2020-05-28 In Francisco - iniciativos e gestos, Igreja - Francisco - movimentos

O mundo inteiro aos pés de Maria, “Mulher de escuta, de decisão, de acção” – 30 de Maio, Vigília de Pentecostes

UNIDOS NA ORAÇÃO PELO MUNDO, COM O PAPA FRANCISCO •

Unidos em oração para invocar a ajuda e o auxílio de Nossa Senhora na pandemia e para confiar toda a Humanidade ao Senhor: No dia 30 de Maio de 2020, às 17h30, hora de Roma (16h 30 Hora de Portugal – 12h 30 Hora de Brasil), o Papa Francisco presidirá à oração do Santo Rosário na Gruta de Lourdes, nos Jardins do Vaticano. A celebração mariana, transmitida, em directo, pelos meios de comunicação social do Vaticano e por vários outros canais de televisão, bem como pela Internet, é organizada pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, sobre o tema: “Perseverantes e unidos em oração, juntamente com Maria (Act 1, 14)”. Os grandes Santuários de todo o mundo estarão unidos em oração com uma participação especial das famílias. Um acto de oração mundial  para aqueles que desejam unir-se ao Papa Francisco na véspera do Domingo de Pentecostes. —

 

Algumas mulheres e homens que representam várias categorias de pessoas particularmente afectadas pelo vírus rezarão os Mistérios. Haverá um médico e uma enfermeira, como testemunhas do pessoal médico que trabalha na linha da frente dos hospitais; uma pessoa  curada e uma pessoa que perdeu um membro da família, em nome de todos aqueles que foram pessoalmente tocados pelo Coronavírus; um padre, um capelão de hospital e uma freira enfermeira, por todos os Padres e pessoas consagradas próximas das pessoas afectadas pela doença; uma farmacêutica e uma jornalista, que representam todos aqueles que, mesmo durante o período da pandemia, continuaram a prestar os seus serviços a outros; um voluntário da Defesa Civil com a sua família, em nome de todos aqueles que trabalham para fazer face a esta emergência e ao vasto mundo do voluntariado; e uma jovem família, na qual nasceu uma criança precisamente durante este período, como sinal de esperança e da vitória da vida sobre a morte.

Aos pés de Maria, o Papa Francisco depositará as aflições e as dores da humanidade, ulteriormente agravadas pela difusão da Covid-19.”

O encontro para o final do Mês Mariano é mais um sinal de proximidade e de consolação para aqueles que, de algum modo, foram atingidos pelo Coronavírus, na certeza de que a Mãe Celeste não desatende os pedidos de proteção”.

Os maiores Santuários dos cinco continentes estarão ligados. Por exemplo, da Europa, Lourdes, Fátima, San Giovanni Rotondo, Pompéia e Czystochowa (Polónia); dos Estados Unidos da América, o Santuário da Imaculada Conceição (Washington, D.C.); de África, o Santuário de Elele (Nigéria) e Notre-Dame de la Paix (Costa do Marfim); da América Latina, o Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe (México), Chiquinquira (Colômbia), Luján e Milagro (Argentina).

Numa carta, Monsenhor Rino Fisichella, Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, dirigiu-se directamente aos Reitores dos Santuários para os convidar a organizar e promover este momento especial de oração de acordo com as normas sanitárias vigentes e o fuso horário do lugar.

Original: espanhol (26/5/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *