Colocado em 13. Março 2020 In Francisco - Mensagem, Igreja - Francisco - movimentos

Há uma China para lá do Coronavírus

REZEMOS COM O PAPA FRANCISCO, mfi •

Seja uma pesquisa no Google ou um diálogo entre colegas, diz-se China e encontra-se o tema do Coronavírus, diz-se Covid 19 e pensa-se na China, onde o surto desta doença que causa tanto medo e até pânico teve origem. Diz-se China e fala-se da paralisação da produção nas empresas chinesas devido ao Coronavírus, com graves consequências para as indústrias electrónica e automóvel na Europa e América.  China – agora também o Papa Francisco fala sobre a China, mas não sobre o Coronavírus, mas sobre os cristãos… —

 

No “Vídeo do Papa“, que transmite a intenção de oração universal do Papa mês a mês, ele centra a sua mensagem sobre a comunidade cristã na China, onde “a Igreja olha para para a frente com esperança”. Nesta ocasião, o Santo Padre pede-nos que rezemos pelos católicos deste país para que eles “perseverem na fidelidade ao Evangelho e cresçam em unidade”.

 

 

Desde os anos 70, a China tem visto um crescimento significativo do cristianismo. Em 2010, o Centro de Pesquisa Pew estimou que existiam 67 milhões de cristãos na China, aproximadamente 5% da população total. Outros estimam que este número está próximo – de acordo com uma actualização de 2018 – dos 100 milhões. Este crescimento mostra como esta nação continua a ser uma terra fértil para mais e mais famílias que acreditam em Jesus Cristo e na Sua promessa, e que através de gestos de serviço dão conta do Reino de Deus. A importante carta de Bento XVI aos católicos chineses em Maio de 2007 e a mensagem do Papa Francisco aos “católicos chineses e à Igreja Universal” de Setembro de 2018, na qual apresentou o Acordo Provisório assinado entre a Santa Sé e o representante da República Popular da China, são passos que foram dados no caminho para a recuperação da unidade da Igreja na China. “É normal que tal caminho seja longo, difícil e cheio de mal-entendidos – o Evangelho está cheio de mal-entendidos – por isso temos que rezar, porque o Senhor, Criador do Céu e da Terra, transforma o coração na oração e ajuda à reconciliação”.

Em solidariedade com Francisco, rezemos com ele pelos cristãos da China e divulguemos o vídeo e a intenção de oração que nos faz parte de uma igreja universal solidária. E, claro, faremos nossa a oração com a qual Francisco pede por todos aqueles afetados pelo Coronavírus:

Também desejo expressar a minha proximidade e rezar pelas pessoas que estão doentes por causa do vírus que se espalhou na China. Que o Senhor receba os defuntos na Sua paz, conforte as famílias e sustente o grande compromisso da comunidade chinesa, já posto em prática, para combater a epidemia.

 

 

 

Original: espanhol (8/3/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *