Colocado em 7. Janeiro 2020 In Francisco - Mensagem, Igreja - Francisco - movimentos

Promover a paz no mundo inteiro

REZEMOS COM FRANCISCO – JANEIRO DE 2020, Maria Fischer

Por quatro anos que o Vídeo do Papa se publica todos os meses com o objetivo de difundir as intenções de oração do Santo Padre e, por quatro anos, que também se publica em schoenstatt.org. O Vídeo do Papa de Janeiro, o primeiro de 2020, capta uma intenção universal muito necessária: a promoção da paz no mundo.

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, anunciou a sua decisão de terminar a moratória sobre os ensaios nucleares e dos misseis balísticos intercontinentais, segundo informou na quarta-feira (1/1/2020), a agência estatal da Coreia do Norte (KCNA). No Natal, Vladimir Putin da Rússia, anunciou a “entrada em serviço” dos seus primeiros misseis hipersónicos Avangard, uma arma de última geração “praticamente invencível” capaz de acertar praticamente sempre no alvo e de atravessar qualquer sistema de defesa. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançou uma ameaça de guerra contra o Irã no Ano Novo. Ares de guerra fria.

Nem falemos das guerras reais na Síria, no Iémen, no Congo, no Oriente Médio, as guerras civis, as guerras dos terroristas. Tantas vidas humanas destruídas, tantas pessoas que perdem tudo, que vivem com medo, que são obrigadas a fugir das suas cidades…

Alcançar a paz é tarefa dos crentes e de todas as pessoas de boa vontade

O Papa Francisco lembra na sua mensagem que, para alcançar a paz, é essencial a “reconciliação e a fraternidade entre todos os crentes e entre todas as pessoas de boa vontade”.

Segundo Francisco, no meio de um mundo dividido e fragmentado, “a nossa fé nos leva a difundir os valores da paz, da convivência e do bem comum”.

O Vídeo do Papa é uma iniciativa de alcance global: publica-se em 14 línguas – as últimas a serem acrescentadas foram: a vietnamita, o polaco, o suaíli e o kiniarvanda – e em 2019 suas diversas edições foram vistas por mais de 12 milhões de pessoas nas suas próprias redes.

Original: espanhol (04/01/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal/mr

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *