Colocado em 15. Dezembro 2019 In Igreja - Francisco - movimentos

Multitudinárias peregrinações aos Santuários marianos no Chile

CHILE, com material de ACIPRENSA •

Com o objectivo de alcançar a justiça e a paz necessárias para o Chile, as comunidades do país inteiro consagraram-se à Virgem Maria neste Domingo, 8 de Dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição. Houve também celebrações em vários Santuários de Schoenstatt.

“Convidamos a viver, em todo o país e em cada Diocese, um grande dia de oração pelo Chile no dia 8 de Dezembro, dia da Imaculada Conceição, no qual consagraremos o país à protecção materna da Virgem Maria em todas as nossas celebrações eucarísticas, rezando a Oração pelo Chile”, disseram os bispos na sua mensagem “Vem, Senhor Jesus”, em meados de Novembro. E muitos, muitos responderam indo em peregrinação aos Santuários marianos do país. Juntamente com a peregrinação aos diversos Santuários, os fiéis rezaram especialmente a Oração pelo Chile, na qual se pede a Nossa Senhora do Carmo, Padroeira do país, a sua protecção e docilidade para escutar e abraçar o amor de Jesus e assim alcançar “uma grande nação de irmãos onde cada um tenha pão, respeito e alegria”, diz-se na oração.

Um dos lugares que reuniu centenas de fiéis foi o Santuário da Imaculada Conceição em Lo Vásquez, Diocese de Valparaíso.

O Administrador Apostólico de Valparaíso, Mons. Pedro Ossandón, expressou que onde há uma “pátria fracturada, ferida pela dor de tantos pobres, uma dívida social, uma crise que é também moral, política, económica” há também “fé”, porque “é possível sonhar” com a unidade e a comunhão fraterna, “é isso o que vimos aqui rezar porque Nossa Senhora no-lo ensina”.

“Ela na pior crise da Igreja Católica, aquela que a Virgem Maria sofreu quando o Seu filho Jesus Cristo foi julgado inocente na cruz e nela morreu cravado derramando o Seu sangue por amor a nós. O que é que Nossa Senhora nos ensina? Que para Deus nada é impossível. Acreditamos que, portanto, é possível aprender a dialogar”, reflectiu.

 

Nossa Senhora está atenta ao que se passa na sociedade

Enquanto isso, os fiéis da Arquidiocese de Concepción celebraram Mssas muito cedo no Santuário de El Cerro La Virgen e, à tarde, uma multidão fez a peregrinação.

O Arcebispo, Mons. Fernando Chomali disse que, assim como nas bodas de Caná, “Nossa Senhora está atenta ao que está a acontecer na sociedade” e “talvez no nosso país seja preciso que nos digam: façam o que Ele vos diz”. Estivemos, empedernidamente, empenhados em fazer o que queríamos; fechámo-nos à chave e não conseguimos fazer uma boa festa de casamento. Para que haja paz, alegria e comunhão, isso só é possível se colocarmos as talhas de água para que Ele as transforme em vinho”.

Mons. Chomali afirmou que a Solenidade da Imaculada Conceição “é um grande tesouro, que só Nossa Senhora pode convocar”. Trata-se do tesouro que cada um de nós é, que apesar do calor e das dificuldades, viemos aqui para viver o maravilhoso “sim” de Maria, que mudou a história”.

A celebração em tantos Santuários marianos “dá muita esperança, porque mostra que a reserva espiritual do Chile é muito grande”. “Uma sociedade que se esquece de Deus acaba indo contra si mesma e isso, em certo sentido, é o que vem vindo a acontecer connosco. O que aconteceu hoje traz-nos de volta ao maravilhoso dom que é a fé em Jesus Cristo e uma imensa devoção à Virgem Maria”.

 

Santuário de Schoenstatt de Água Santa

Com a Imagem Peregrina de Fátima

Entretanto, a Diocese de São Bernardo celebrou a Solenidade da Imaculada Conceição com a presença da Imagem Peregrina de Fátima, que está na localidade até 8 de Janeiro de 2020.

Na Catedral de São Bernardo, os fiéis reuniram-se para celebrar a Santa Missa e depois foram em procissão até ao cimo do Cerro Chena, de onde o Bispo, Mons. Juan Ignacio González, presidiu à consagração ao Coração Imaculado de Maria.

Santuário Los Pinos

Fotos: iglesia.cl, Augusto Santander, Luis Maturana

Original: espanhol (10/12/2019). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *