Colocado em 19. Janeiro 2019 In Igreja - Francisco - movimentos

Em solidariedade com as vítimas do atentado em Bogotá

VATICANO / COLÔMBIA, Maria Fischer com AICA e ACIprensa •

“O Santo Padre, mais uma vez condena a violência cega, que é uma ofensa muito grave contra o Criador e eleva a sua oração ao Senhor para ajudá-lo a perseverar na oração para a harmonia e paz este país e ao redor do mundo”, assim se lee  no telegrama enviado ao Arcebispo de Bogotá, Cardeal Rubén Salazar Gómez, expressando sua profunda tristeza pelas vítimas do atentado perpetrado contra uma Escola de Polícia na Colômbia.—

Francisco expressou sua “profunda tristeza pelas vítimas que perderam suas vidas em uma ação tão desumana” e ofereceu sufrágios por seu descanso eterno.

O telegrama, assinado pelo Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado, em nome do Papa conclui invocando “sobre todas as vítimas, seus famíliares e o querido povo da Colômbia, a bênção apostólica”.

No encontro da Juventude Feminina, antes da Jornada Mundial da Juventude na Costa Rica, há cerca de 10 jovens da Colômbia. Com elas e com todo o Movimento da Colombia, levamos a dor de tantas pessoas ao Santuário.

Jovens da Colômbia rezando na missa no Santuário da Costa Rica, um dia antes do atentado

Arcebispo de Bogotá (Colômbia), o Cardeal Ruben Salazar Gomez, disse que o terror não pode nunca ser uma semente de justiça e paz depois do ataque ocorreu, quinta-feira na Escola de Cadetes General Santander, no sul da capital colombiana.

“A morte, a violência e o terror nunca podem ser sementes de justiça e paz”, disse o Cardeal em uma mensagem publicada pela Arquidiocese de Bogotá em sua conta no Twitter.

“Nós rejeitamos esse e qualquer ataque que viole a dignidade das pessoas e da sociedade”, acrescentou

O ataque ocorreu nesta quinta-feira em Bogotá, deixou pelo menos 21 mortos e dezenas de feridos na escola de oficiais.

Original: Espanhol. 18 de janeiro 2019. Tradução: Glaucia Ramirez, Ciudad del Este, Paraguai

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *