Colocado em 7. Junho 2017 In Em Aliança solidária com Francisco, Igreja - Francisco - movimentos

Que o Espírito dê a paz ao mundo inteiro…

REZEMOS COM O PAPA FRANCISCO – EN JUNHO •

“Que o Espírito dê a paz ao mundo inteiro, cure as chagas da guerra e do terrorismo que, também esta noite, em Londres, atingiu civis inocentes: rezemos pelas vítimas e pelos seus familiares”

Com estas palavras, o Papa Francisco neste Pentecostes pediu a toda a Igreja universal para se unir às suas orações pela paz e pelas vítimas dos atentados na véspera de Pentecostes, em Londres.

De novo um hashtag #prayforLondon?

Quando ainda estamos com Manchester, Paris e Berlim e, quando, por vezes, corremos o perigo de esquecer Bagdade, Manila e Cabul que sofreram ataques mortais ou as centenas e centenas de mortos de cólera no Iémen e as crianças que morrem de fome na Somália, no Sudão e em tantos países mais…

“Visto sob esta luz, qualquer novo drama que aconteça na história do mundo torna-se cenário possível também duma boa notícia, uma vez que o amor consegue sempre encontrar o caminho da proximidade e suscitar corações capazes de se comover, rostos capazes de não se abater, mãos prontas a construir”, escreve o Papa na Mensagem para as Comunicações Sociais de 2017, lembra-nos o Pe. Guillermo Ortiz SJ da Rádio Vaticano. E, como é que um drama pode ser o cenário de uma boa notícia? Podemos perguntar.

E, Francisco depois de ter dito que é necessário tirar o protagonismo ao mal que desespera e mete medo, convida-nos a darmos boas notícias que geram confiança e esperança, explicou que o próprio Jesus é a Boa Notícia, ainda que, a Sua Vida não seja isenta de sofrimento, porque “ No seu Filho amado, esta promessa de Deus “Eu estou contigo» – assume toda a nossa fraqueza, chegando ao ponto de sofrer a nossa morte. N’Ele, as próprias trevas e a morte tornam-se lugar de comunhão com a Luz e a Vida”. Anteriormente o Papa já tinha falado da Ressurreição, repete-o com outras palavras e afirma:” Visto sob esta luz, qualquer novo drama que aconteça na história do mundo torna-se cenário possível também duma boa notícia, uma vez que o amor consegue sempre encontrar o caminho da proximidade e suscitar corações capazes de se comover, rostos capazes de não se abater, mãos prontas a construir”,

Os médicos que, em Cabul, Bagdade, Aleppo, Manila, Londres,…acorrem para ajudar as vítimas, esquecendo o seu cansaço e, inclusivamente, o perigo, são boa notícia. Os heróis silenciosos de Manchester, como aquele sem-abrigo que acorreu para ajudar crianças e adolescentes feridos; aquela senhora que confortava as crianças e as levava para um hotel nas proximidades, os taxistas que ofereceram “corridas” gratuitas às vítimas jovens e, os que, de noite, abriram as suas casas a pessoas em Londres, são boa notícia.

Uma Igreja que neste Pentecostes e durante todo o mês se une em oração pelas vítimas da violência, do terror e da guerra é boa notícia.

Um Schoenstatt que abre os seus Santuários ao grito desesperado das vítimas da guerra e da violência, da fome e da injustiça e que enche as Talhas com contribuições ao Capital de Graças por elas, também o é.

ABENÇOADO PENTECOSTES EM ALIANÇA SOLIDÁRIA COM O PAPA FRANCISCO E COM OS HOMENS QUE SOFREM.

Original: espanhol (4/6/2017). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , ,