Colocado em 13. Janeiro 2018 In Vida em Aliança

Quando outros celebram o carnaval

ALEMANHA, Pe. Christoph Scholten e Maria Fischer •

Quando outros celebram o carnaval, eles celebram a presença do Senhor no Sacramento Eucarístico: sacerdotes e diáconos de toda a Alemanha virão a Schoenstatt para adorá-Lo, desde o domingo de carnaval até terça-feira antes da quarta-feira de cinzas, ou seja de 11 a 13 de fevereiro de 2018. Num ambiente onde tudo é ruidoso e às vezes estridente, alegre e exuberante, eles buscam uma alegria que é silenciosa e que se vive no interior. Toda uma noite com Jesus, uma noite com a magia das noites de vigília das Jornadas Mundiais da Juventude, uma noite de encontro, de diálogo, uma noite como a dos apóstolos, que pediram ao Senhor: ensina-nos a rezar e experimentaram: Ele é a nossa oração.

Três sacerdotes apoiam a iniciativa e convidam sacerdotes e diáconos: o Pe. Gerold Reinbott (Instituto de Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt), o Pe. Hans Doncks (Liga de Sacerdotes de Schoenstatt) e o Pe. Christoph Scholten pertencente à União de Sacerdotes de Schoenstatt, em cuja comunidade em Kranenburg junto ao Baixo Reno, no ano passado se realizaram as únicas missões na Alemanha.

A adoração na Casa de Sacerdotes e Hóspedes Marienau, é uma iniciativa muito querida do Pe. Scholten, porque é uma iniciativa conjunta com as três comunidades de sacerdotes de Schoenstatt, para a qual estão convidados todos os sacerdotes, candidatos ao sacerdócio e diáconos.

“Por outro lado, disse o Pe. Scholten, a adoração eucarística enriquece-se com os impulsos que cada orador expõe, seja de Schoenstatt ou de outras comunidades, como por exemplo, no passado as contribuições do bispo Dr. Karl-Heinz Wiesemann (Speyer) ou da irmã Isa Vermehren RSJC (falecida em 2009). No ano passado, o Pe. Kurt Faulhaber (Heidelberg) participou com uma exposição sobre a “Pastoral no pulso”. Este ano, entre 11 e 13 de fevereiro, o tema é ‘O Espírito Santo oferece novos carismas para a vitalidade da Igreja’.”

„Eu sonho com uma opção missionária…“

O Pe. Heinrich Walter, do Instituto Secular Padres de Schoenstatt, referente aos Dias de Adoração 2018, citou um aviso sobre as palestras, entre outras, a exortação apostólica “Evangelii gaudium” do Papa Francisco: “Sonho com una opção missionária capaz de transformar tudo, para que os costumes, os estilos, os horários, a linguagem e toda a estrutura eclesial se converta num canal adequado para a evangelização do mundo atual mais que para a auto-preservação.”(EG 27).

“O Pe. Heinrich Walter faz referência ao que defende o Pe. José Kentenich: “O primeiro (meio para análise do tempo) consiste na aplicação diligente e constante do nosso método preferido de meditação: em pós-vivenciar e pós-saborear, em pré-vivenciar e pré-saborear as misericórdias divinas e as misérias pessoais da nossa vida. Quando este tornar o divino transparente na pequena historia de vida pessoal se converte numa segunda natureza, então não será difícil ver e interpretar todo o acontecer mundial numa perspetiva similar” (Kentenich, Carta 9.12.1953).

Porque a sua alegria é estar com os homens.

Perguntámos ao Pe. Scholten como se realizarão os dias de adoração e o que é que realmente torna tão especial a adoração eucarística, que foi redescoberta pelos jovens.

“O principal dos dias de adoração é, claro, a adoração eucarística noturna, que começa na segunda-feira de carnaval às 20.00 h e termina na terça-feira de carnaval com a santa missa às 7.30 h”,  explicou.

“Para além das conhecidas palavras do Santo Cura de Ars: ‘Eu olho para Ele e Ele olha para mim’, encontro no seguinte texto que o nosso Santo Padre Bento XVI preparou para a sua visita à Alemanha em setembro de 2006, expressando de forma belíssima o que é a adoração eucarística: ‘A adoração eucarística é um modo essencial de estar com o Senhor (…) Numa das suas parábolas O Senhor fala do tesouro escondido no campo. Quem o encontra —diz— vende tudo o que tem para poder comprar esse campo, porque o tesouro escondido é mais valioso que qualquer outra coisa. O tesouro escondido, o bem superior a qualquer outro bem, é o reino de Deus, é o próprio Jesus, o reino em pessoa. Na sagrada Hóstia está presente Ele, o verdadeiro tesouro, sempre acessível para nós. Só adorando a sua presença aprendemos a recebê-lo adequadamente, aprendemos a comungar, aprendemos a partir de dentro a celebração da Eucaristia’.

Neste contexto, quero citar umas bonitas palavras de Edith Stein, a santa co-padroeira da Europa. Numa das suas cartas escreve: “O Senhor está presente no sacrário com a sua divindade e a sua humanidade. Não está ali por Ele, mas por nós, porque a sua alegria é estar com os homens. E porque sabe que nós, tal como somos, precisamos da sua proximidade. Em consequência, qualquer pessoa que tenha pensamentos e sentimentos normais, sentir-se-á atraída e passará tempo com Ele sempre que lhe seja possível” (Gesammelte Werke VII, 136 f).

Busquemos estar com o Senhor. Ali podemos falar de tudo com Ele. Podemos apresentar-Lhe os nossos pedidos, as nossas preocupações, os nossos problemas, as nossas alegrias, a nossa gratidão, as nossas deceções, as nossas necessidades e as nossas esperanças. Ali podemos repetir-Lhe constantemente: “Senhor envia trabalhadores para a tua messe” Ajuda-me a ser um bom trabalhador na tua vinha”. [1]

Quando, onde, como

O lugar de encontro será a Casa de Sacerdotes e Hóspedes Marienau, Höhrer Straße 86, 56179 Vallendar-Schönstatt. Quem quiser inscrever-se, por favor comunique diretamente com a Casa Marienau, telefone +49 261 962620, Telefax +49 261 96262581, E-Mail: [email protected].

Os outros contactos são o Pe. Hans Doncks, Heimbach, o Pe. Gerold Reinbott, Mainz-Laubenheim e o Pe. Christoph Scholten, Kranenburg.

O encontro começa no domingo de carnaval, 11 de fevereiro de 2018 às 18.00 h com o jantar e com uma primeira apresentação do Padre Heinrich Walter. Para a segunda-feira de carnaval (Rosenmontag) está pensada uma Santa Missa, outras duas apresentações, tempos de silêncio, confissão e às 20.00 h começa a adoração da noite que terminará na terça-feira. Depois da Santa Missa, haverá uma mesa redonda, uma visita ao túmulo do padre José Kentenich e com o almoço será finalizado o encontro.

Quem seja sacerdote, diácono ou estudante de teologia e procure um tempo muito especial de silêncio e de encontro com Cristo, enquanto outros celebram o carnaval, está cordialmente convidado e se conhecerem alguém que esteja à procura disso, façam-lhe chegar este convite.

 [1] Homilia do Santo Padre Bento XVI nas vésperas marianas com religiosos e seminaristas bávaros em 11/09/2006 na Basílica de Santa Ana de Altötting por ocasião da sua viagem apostólica à Alemanha em 2006

 

No idioma Alemão: Folleto para os dias de adoração 11 a 13 de fevereiro 2018 na Marienau, convite das comunidades de Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt.

Foto: Cathopic, iStock GettyImages

Original: Alemão 11/01/2018. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *