Colocado em 23. Novembro 2017 In Vida em Aliança

Assim trabalha a Mãe Peregrina no Panamá

PANAMÁ, Fer Castro •

O grupo de senhoras “Santa Marta” do Panamá, tem estado a trabalhar muito, há vários anos, para ajudar a fortalecer os inícios de Schoenstatt no Panamá.

Em 18 de novembro de 2016 teve lugar a celebração do primeiro grupo de Aliança de Amor. Foram doze pessoas (10 senhoras e dois homens) que selaram a Aliança de Amor (foto acima).

A celebração da Mãe Peregrina realizou-se na comunidade de San Carlos, província do Panamá, em 18 de outubro de 2016, onde peregrinos de Cabuya e Antón da província de Coclé  peregrinam desde 1993. Aproximadamente são cerca de 200 missionários e peregrinos que têm 23 imagens da Mãe Peregrina.

Durante dois anos consecutivos, 2015 e 2016, o grupo do Ramo de Senhoras Santa Marta e as suas famílias organizaram uma festa de Natal à comunidade de Cabuya na província de Coclé. Convidam-se as famílias com as suas crianças e é entregue a cada um roupa e presentes de Natal. Passam um dia muito divertido com mágicos, jogos, comida e outras atividades para que as crianças possam desfrutar celebrando o nascimento de Jesus.

A comunidade dos peregrinos da província de Coclé celebra de maneira especial os dias 6 de agosto de cada ano, data em que receberam a primeira imagem da Mãe Peregrina que chegou em 1993. Em cada ano as 20 comunidades chegam com a imagem peregrina adornada com flores. A Mãe Peregrina de Cabuya, onde fica a sede, sai para receber cada uma das Mães Peregrinas das outras comunidades. É uma celebração patronal muito bonita e com muito significado para todas as  comunidades.

Original: espanhol. 19.11.2017. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *