Visitas a Schoenstatt – Informações para Peregrinos

Schoenstatt

O pequeno Santuário no vale de Schoenstatt, igual à pequena cidade que surgiu ao seu redor, é como um ímã para milhares de pessoas cujas vidas foram transformadas pela Aliança de Amor.

Alguns querem visitar o lugar motivados pelo anelo de conhecer outro lugar da geografia da fé, por interesse no Movimento de Schioenstatt ou também de passagem, como parte de uma viagem ou peregrinação turística.

A todos eles estão direcionadas estas páginas com indicações sobre como chegar, que lugares visitar e como planejar sua visita da melhor maneira possível.

A cada um de vocês: Sejam bem-vindos a este lindo lugar, a Schoenstatt!

Diferentemente do que se poderia pensar, Schoenstatt não é um prédio, mas sim um pequeno povoado, que se extende pelo vale que deu o nome de Schoenstatt (lugar bonito) ao Movimento, no extremo oriental da cidade de Vallendar no Westerland, Alemanha.

O vale está rodeado por quatro montes que formam três quebradas (hoje ruas Höhrerstrasse; Hillscheiderstrasse; Wambachtal) com seus respectivos riachos que se unem no vale para desaguar juntos no Rio Reno. O Movimento extendeu sua presença a partir do vale onde se encontra o Santuário Original para outros montes e a história de Schoenstatt os tem dado nomes: Monte Schoenstatt (ao leste), Montes Regina e Nazaré (mais ao norte), Montes Maria, Sião, Moriá (mais ao sul). Em cada um destes montes se encontram as casas centrais de diversas comunidades que conformam o movimento, com seus respectivos santuários e características próprias.

Mapa