Colocado em 10. Fevereiro 2018 In Projetos

Vem e alegra-te comigo

PARAGUAI, Joaquín Santiviago •

Joaquín Santiviago, diretor do Coral Alegría, relata sobre a missão deste coral e seus objetivos.

Há um tempo atrás, a Fundação José Kentenich tomou a iniciativa de oferecer a todos a oração do Santo Rosário para o cultivo do espírito na vida cotidiana.

Deste modo, este encontro com o Deus da vida se faria mais concreto mediante a contemplação dos mistérios da vida de Jesus e sua Mãe Maria, mistérios que durante esta reza revelam a vida gloriosa, gozosa, dolorosa e luminosa de quem sabemos que tanto nos ama.

O Coral Alegría de Schoenstatt, com o dom da música, colocou ao serviço este talento tão bonito que é o canto profundo e do coração.

Quando na Parábola dos Talentos, o Senhor entrega a cada um os dons, faz isso para que seja multiplicado.

Por isso, como Coral embarcamos no projeto de unir totalmente a reza do Rosário à música, sabendo que nosso canto como dom e mistério será também um meio para unir mais corações ao coração de Deus.

Esta experiência de multiplicação e encontro gera em cada um, uma alegria profunda no coração, porque quando se multiplica os dons e os oferece ao Senhor, Ele nos convida e diz: “Vem e alegra-te Comigo” (Mt. 25,21)

Fotos obtidas por Rodrigo Valdez de GIROLABS (empresa social dedicada à comunicação digital e desenvolvimento de software para ONGs e iniciativas sociais).

Original: Espanhol, 08.01.2018. Tradução: João Pozzobon, Santa Maria, Brasil

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *