Colocado em 19. Novembro 2017 In Campanha

Ermidas: “Nas cruzes dos caminhos, em pontos estratégicos” da igreja em saída.

ARGENTINA, Ana Echevarría •

Grandes e pequenas. Presentes em zonas de montanha, em bosques e vales, em povoados e cidade e na beira dos caminhos, as ermidas da Mãe Rainha Três Vezes Admirável vão semeando a Campanha da Mãe Peregrina, levantam-se desafiando o mau tempo, os ventos, o calor, o frio, nos diferentes lugares do mundo.

Enorme é a diversidade que os presenteia a criatividade popular dos missioneiros das distintas nações onde se encontram. Porém há algo que é comum entre eles. Algo que os une. São todas frutos do imenso amor do coração de uma Mãe inquieta que quer estar perto de todos seus filhos porque sabe que a necessitam.

Uma Mãe que ao seu passo, vai despertando em homens e mulheres generosos o anseio de dar abrigo em seus corações, aliar-se com Ela e construir-la uma Ermida em sua terra. Querem que Ela se estabeleça em seus lugares, aceite as orações e sacrifícios que se oferecem e derrame desde ali suas graças e bênçãos para o bem de seus irmãos. E assim fazendo vida o “nada sem ti, Mãe, Nada sem vós”, incansáveis, nas ruas do Senhor João Pozzobon, colocam mãos a obra.

As belíssimas histórias que estão por detrás da construção de cada ermida, falam da entrega incondicional de tantos missioneiros da Campanha que não se deixam desanimar por inúmeros inconvenientes e obstáculos que sempre surgem. Não é fácil conseguir o terreno, conseguir o aval das autoridades e chegar a construir a Ermida. Porem nada os detém, Milhares de Terços e entregas de sacrifícios para o Capital de Graças vão sustentando a iniciativa e abrindo os caminhos até chegar o esperado dia em que a Mãe Três vezes Admirável toma posse desse lugarzinho do mundo e começa a derramar desde ali suas graças e bênçãos.

A partir desse momento as Ermidas se transformam em prolongamentos originais do Santuário, lugares de encontro onde se vão tecendo laços e a Mãe vai unindo a seus filhos e presenteando-os a experiência de união, criando clima de Família.

Ali, os missioneiros da Campanha se reúnem de maneira especial nos dias 18 de cada mês, para rezar o Terço, consagrando-se à Virgem, rezar as Mil Avemarias, selar sua Aliança de Amor e renovar sua entrega para reiniciar com novas forças sua missão.

 

Nas casas e nas ruas

Através da Campanha, a Mãe Peregrina que percorre o mundo quer entrar nas famílias, ensinar a rezar e viver os mistérios do Terço na aliança com Ela e estabelecer-se em centenas de milhares de Santuários lar. Porem isso não basta. Quer também se fazer presente nas ruas e caminhos, nesses pedacinhos de céu onde Ela quer estar perto de todos os seus filhos, aproximar-se dos mais necessitados, compartilhar suas dificuldades e alegrias, convidar todos a serem seus aliados que a ajudem em sua missão de transformar o mundo.

Assim compreendeu João Luiz Pozzobon. Em 1979, ele viaja a Schoenstatt e, ao seu retorno ao Brasil, sente a inspiração de construir Ermidas de Nossa Senhora de Schoenstatt como as que viu na Alemanha. E brota assim esta nova corrente de vida na Campanha: em somente 5 anos coloca 40 ermidas.

nas cruzes do caminho, em pontos estratégicos, quase sempre em lugares afastados, distantes das paróquias, aonde não chega o sacerdote. Cada ermida colocada – disse João – é como uma antena que atrai do alto, nesta gigantesca Campanha, a força e o dom do Divino Espírito Santo”.

São muito simples: uma imagem da Mãe Rainha, em bronze, apoiada em uma tábua de madeira que se aprofunda na terra. Elas são abençoadas no Santuário, e logo, realiza-se uma segunda benção com o povo no lugar onde são colocadas. O Senhor João recomendava muito que se deve reunir junto a Ermida nos dias 18 para rezar o Terço como símbolo de união com o Santuário. Assim, a corrente de graças que flui desde o Santuário pode chegar aos lugares mais distantes.

Também o Padre Esteban Uriburu compreendeu a importância e papel providencial deste lugares de irradiação mariana em nosso tempo. “Nesta época, em que a erosão espiritual vem apagando da vida cotidiana todo o sinal ou vestígio do divino, surgem as ermidas, como pequenos Oasis em torno aos quais o povo humilde sente mais concretamente a presença de sua Mãe”.

A partir desta página gostaríamos de recolher as fotos e os testemunhos da vida que se desencadeia em todas as Ermidas que vão surgindo ao passo da Mãe em tantos lugares do mundo onde chega a Campanha.

Nas ruas do Senhor João, unidos a todos os missioneiros e famílias da Campanha queremos nos colocar ao serviço desta maravilhosa corrente de vida que a Mãe nos presenteou em Schoenstatt e que tanto soube valorizar o Pai Fundador.

Em outubro de 1946, ele não duvidou em abandonar a Jornada Anual do Movimento da Alemanha para ir abençoar na Suíça uma pequena ermida da Mãe e coroar a Mãe Três Vezes Admirável como Rainha do mundo, nesse lugar que parecia tão pouco significativo.

Hoje estamos ao redor de uma pequena Ermida – disse esse dia – … Com o tempo, do pequeno vai surgir algo grande. Schoenstatt também foi pequeno uma vez. E do pequeno surgiu algo grande e cada vez quer ser mais grande, projetando-se mais e mais até o mundo em um tempo em que o mundo está se derrubando… Agradeço de coração a todos aqueles que tem colaborado abnegadamente, fielmente e humildemente por honrar a Santíssima Virgem. Ela agora quer ser coroada Rainha do Universo. Como Rainha de Schoenstatt, quer chegar a ser também Rainha do mundo; quer percorrer os povos os conquistando. E nessa missão queremos e devemos ajudar.

Sim! Nessa missão queremos ajudar a nossa Mãe e Rainha. Ajudar-la a percorrer os povoados e a se estabelecer entre nós, para renovar o mundo. Fazer nosso os anseios do Pai Fundador. E nos unir para impulsionar junto aos missioneiros e famílias da Campanha esta maravilhosa corrente de vida das Ermidas que a Santíssima Virgem quer semear no mundo.

Mas… como fazê-lo?

Podemos mos perguntar: O que pode suceder se a partir de cada Ermida se eleva ao céu uma forte corrente missioneira de oração e santificação, oferecidas a fonte de graças do Santuário, para ajudar a Santíssima Virgem a estabelecer-se em milhares de novas ermidas em todos os rincões da terra?

O que pode suceder se, pela entrega de seus missioneiros, por seu capital de graças, cada ermida assume esta missão de transformar-se em semente fecunda para incendiar o mundo com o fogo da Aliança de Amor que brota desses pequenos pedacinhos do céu onde a Mãe Três Vezes Admirável quer manifestar-se como Rainha dos povos, como Rainha do mundo?

A Virgem conhece a resposta. E nos convida nos entregarmos a Ela como instrumentos com as mesmas palavras com que o Pai Fundador terminou sua fala na pequena ermida de Wessen na Suiça: ” Nossa vida por nossa Rainha”.

Ana Echevarría, Buenos Aires, Argentina, 15.09.2017

Fotos que serão sementes de novas Ermidas…

Com muito entusiasmo seguimos convocando a todos os que nos seguem a enviar fotos de suas ermidas a schoenstatt.org. Estas fotos terão a missão de despertar nos outros o anseio de construir em seus lugares, novas Ermidas. Serão dispostas de tal maneira que entre todos formaremos a réplica digital da Imagem Peregrina que levou o Senhor João sobre seu ombro percorrendo com Ela 140.000 quilômetros.

Esta réplica estará exposta na sala João Pozzobon em Roma, Belmonte que vai ser visitada por peregrinos de todo o mundo. Será a expressão e testemunho da presença viva da Mãe Três Vezes Admirável que quis estabelecer-se em tantos lugares do mundo nos cinco continentes. Assim cada pais estará representado por suas ermidas nesse lugar de Roma onde os peregrinos e missioneiros que vem de todo o mundo poderão ter contato com a pessoa do Senhor João, sua vida e sua obra.

Que lindo que todos os missioneiros da Campanha de diferentes lugares e países possam trabalhar unidos encorajando a outro a mandar as fotos de suas Ermidas que, a partir de agora, por questões práticas, recolheremos a partir da página de schoenstatt.org.

Que nenhuma Ermida falte na Sala Pozzobon em Belmonte e todas as fotos das ermidas da Campanha no mundo estejam ali presentes e formem parte da réplica da Imagem Peregrina Original do Senhor João. Seria maravilhoso também que além das fotos e a história de sua origens, enviem notícias da vida que brota hoje em cada ermida. Noticias que outros possam ler e que gerarão novas iniciativas. Porque o fogo se expande e “a vida, se inflama na vida”.

Original: Espanhol, 15.09.2017. Tradução: João Pozzobon, Santa Maria, Brasil

Para as fotografias e as histórias da vida real

Carregue-as com este formulário

Nome e apelido (necessário)

Mail (necessário, não será publicado)

país e cidade da Ermida

Nome e missão da Ermida, informações adicionais

Carregar a fotografia (jpg, jpeg,png, tiff - max 3 MB)

Ou pode enviá-las por mail para: [email protected]

Ao enviar a fotografia da sua Ermida faça-a acompanhar com a história que lhe está ligada.
Recebemos milhares de histórias reais relacionadas com as Ermidas.
Envie-nos a sua para: [email protected]

Ana Echavarría, Buenos Aires, Argentina

Álbum de fotografias das Ermidas já enviadas

Ermitas

 

Ermidas: “Nas cruzes dos caminhos, em pontos estratégicos” da igreja em saída.

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *