Colocado em 8. Dezembro 2017 In Aliança solidária

Em Aliança solidária com Johannesburg

ÁFRICA do SUL, Sarah-Leah Pimentel •

No dia 2 de dezembro recebi a triste notícia de que o santuário de Schoenstatt, em Joanesburgo, tinha sido roubado. Os ladrões entraram através de uma janela e roubaram tudo o que tinha algum tipo de metal (provavelmente para ser derretido ou vendido), incluindo o tabernáculo. Graças a Deus, a Irmã de Schoenstatt que permanece na propriedade ficou ilesa.

A má notícia sempre se espalha rapidamente e, claro, a maior preocupação, além da perda dos nossos preciosos símbolos no santuário, é o que aconteceu com o tabernáculo e as hóstias consagradas nele contidas. Nós não sabemos. Mas rezamos para que de forma misteriosa, o Corpo de Cristo possa tocar as vidas e os corações daqueles que não sabem o que fazem – por meio da ignorância, do desespero ou do equivoco.

Sinais de Aliança Solidária

Mesmo neste triste acontecimento houve consolo, a reparação pela profanação do santuário e os verdadeiros sinais de aliança solidária.

Os membros do Dreamteam de schoenstatt.org, quando receberam a notícia sobre o que aconteceu, imediatamente ofereceram as suas orações e ações de amor em reparação pelo sacrilégio que ocorreu. Pamela, Fabiano e José Cravo, que passaram algum tempo neste santuário imediatamente ofereceram as suas orações. Em poucos minutos, motivados por membros do Dreamteam, a Família de Schoenstatt em Madrid, Lisboa, México, Brasil, Chile, Paraguai e Argentina expressaram a sua solidariedade e ofereceram orações e atos de reparação.

Tita da Áustria, assumiu uma tradução particularmente difícil e ofereceu isso como a sua contribuição de amor e solidariedade para o santuário e pela Família de Schoenstatt em Joanesburgo.

A Família de Schoenstatt em Joanesburgo está muito grata e envia os seus agradecimentos a todos quantos nos mostraram tanto amor e preocupação.

As muitas maneiras pelas quais o Corpo de Cristo é profanado

 

Para mim, o santuário em Joanesburgo é o meu “santuário original” porque foi aqui que encontrei a Santíssima Mãe pela primeira vez. Aqui comecei a lenta transformação que mudou a minha vida e continua a mudar e a aprofundar a minha fé diariamente. Então, quando ouvi as notícias, fiquei muito emocionada.

Mas enquanto orava cheia de tristeza, raiva e pedindo perdão, comecei a pensar sobre as muitas outras maneiras pelas quais o Corpo de Cristo é profanado a cada dia.

Sim, o roubo do tabernáculo é uma ofensa séria e sempre há uma preocupação sobre o que pode acontecer com as hóstias consagradas, que são a presença de Cristo para nós.

As Escrituras dizem-nos que todos nascemos à imagem de Deus. Isso significa que temos um traço do divino dentro de nós. Cristo era humano e divino. Cada um de nós – independentemente de acreditar ou não em Jesus – carrega algo da natureza de Deus, da natureza de Cristo dentro de nós.

Não é o Corpo de Cristo profanado sempre que uma criança é abusada? O corpo de Cristo não é profanado quando uma mulher está marcada por abuso físico e moral; Quando grupos inteiros de pessoas são perseguidos na sua terra natal, torturados, estuprados e mortos; Quando os pobres vivem nos montes de lixo das nossas cidades? Não é um sacrilégio quando o espírito humano é quebrado e degradado através da prostituição, tráfico de seres humanos, perseguição política e falta de acesso a condições dignas de vida?

É normal ficarmos indignados quando um local religioso é profanado, e é nosso dever oferecer muitas ações de reparação para pedir o perdão pelo mal cometido.

Mas também devemos falar com o mesmo grau de indignação quando os direitos humanos básicos dos nossos irmãos e irmãs são violados. Devemos fazer ações diárias de reparação por cada ato cometido contra o Corpo de Cristo que está presente em cada pessoa humana.

 

 

Um apelo à oração

O incidente no Santuário de Joanesburgo é triste, mas também é um apelo para que aprofundemos o nosso compromisso com a oração e contribuições regulares para o capital de graças, oferecidos em aliança solidária por toda a família de Deus.

 

Etiquetas: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *