Colocado em 25. Setembro 2017 In Santuário Original

A Noite do Santuário 2017 – uma experiência do “viver organicamente”

SANTUÁRIO ORIGINAL, Roberto González •

Em Schoenstatt estamos acostumados a realizar as coisas de outra maneira, é dizer, buscamos esse “viver organicamente” que tanto queria nosso Padre Fundador José Kentenich e, nesta ocasião, o unir um encontro de jovens com o religioso não é a exceção.

O fim de semana de 01.09 a 03.09.2017, viveu-se em Schoenstatt esse ideal através da “A Noite do Santuário”, onde mais de 500 jovens da Alemanha, Áustria, Suíça, América Latina e outros países se reuniram para viver um momento diferente e recarregar as energias antes de voltar ao ritmo normal das aulas na universidade, colégio ou trabalho, depois das férias de verão.

Invasão com as cores próprias da juventude

O clima no vale foi totalmente diferente durante o fim de semana. Normalmente predominam as peregrinações de famílias e grupos ao Santuário Original, desta vez a Juventude de Schoenstatt o invadiu dando-lhe suas cores próprias, montando palcos e lugares de palestras por todo o vale; o “Coffee to talk”, que não podia faltar, ao lado do Santuário Original entre outras 37 diferentes atividades.

Na sexta-feira à noite, depois das inscrições e do jantar na tenda principal, o Palco estava “Livre”, primeiramente, para os fantásticos condutores deste programa de Televisão. Explicaram tudo o que estava preparado para o sábado e o domingo, como o lema (Motto) do ano: “Palco Livre, com você vai mais” e sua respectiva canção que nos acompanhou por todo o fim de semana.

Continuaram depois com algumas apresentações, tanto das dioceses participantes como dos convidados especiais. Ao término do momento oficial com uma reflexão interpretada e a benção da Noite, começou a “Noite Cultural”, onde atrás da tenda principal havia outras três tendas muito especiais para a juventude alemã: as tendas de festa, onde os maiores podiam comprar cerveja, vinho ou mosto de maçã e, para os que queriam disfrutar de outro ambiente mais tranquilo e conversar com um café e waffle, podiam ir até um dos salões da Casa Sonnenau do outro lado da tenda principal.

Muitas propostas e atividades para “sair da zona de conforto”

No sábado de manhã depois do café e da celebração da eucaristia, de novo nos dirigimos para a tenda principal, o “Ponto Central” onde acontecia uma entrevista a Martin Mikat da Organização Cascos Verdes, quem explicou seu trabalho de ajuda humanitária no estrangeiro e suas diversas experiências nos cenários que ele viveu, inspirando a todos aqueles que querem realizar o voluntariado, ou melhor “sair de suas zonas de conforto” no cenário que lhes corresponda viver e assim contribuir com seu grão de areia para fazer de nossa sociedade um lugar melhor.

A tarde depois do almoço, o programa consistiu em 37 diferentes atividades abertas para os que quisessem participar, sem necessidade de inscrição prévia. Só havia que examinar o manual, ler a descrição e escolher a atividade que desejasse. Os temas muito variados estavam agrupados de acordo ao tema do ano: Schoenstatt, Esportes e Criatividade, Espiritualidade e temas sobre o dia a dia. Quase todos eram realizados em dois horários, às 15 horas e de novo às 17 horas, para que cada pessoa pudesse participar em até 2 oficinas. Tudo isso sem contar as 12 possibilidades no campo ao lado do Santuário Original que não tinham horário, mas que eram um espaço para compartilhar, conversar com amigos com um bom café e conhecer sobre os diferentes projetos do Movimento, tanto a nível nacional como no estrangeiro.

O “Prime Time” e a noite de Aliança de Amor

Às 20 horas era o momento do “Prime Time”, quando novamente nossos condutores nos levaram às telas da televisão, realizaram jogos, entrevistas e música ao vivo para logo finalizar a programação televisiva do dia com “A noite de Aliança de Amor”. Todos nos dirigimos ao pátio interno da Casa de Aliança, onde nos esperavam com velas para cada um. Com uma reflexão interpretada, nos convidavam a ampliar nosso mundo, a ganhar essa liberdade interior para tomar decisões e atuar em nossa vida, e não ser um simples títere que é guiado pelas tendências do tempo. Finalmente, saímos caminhando e cantando rumo ao Santuário Original.

Cartas para a Mãe, adorando seu Filho

Ao lado do Santuário Original, estavam preparados um pequeno palco e um altar. Ali tivemos um momento de adoração eucarística, escrevemos nossas cartas para a Mãe, renovamos nossa Aliança pessoal, mas também em representação de todos os jovens do mundo, renovação que é realizada todos os anos desde 2005. Depois passamos todos ao Santuário para saudar e entregar nossas cartas para a Mãe. Durante todo tempo estivemos acompanhados pelo grupo de música, assim a atmosfera ao redor do Santuário era completamente especial.

Renovar a Aliança de Amor com a Mãe, implica claro seguir estreitando os vínculos com os amigos; é por isso que a noite da Cultura novamente permaneceu aberta até as 03:30 horas.

Encontrar-nos, formar-nos, fortalecer-nos e tornar a sair

No domingo as 10 horas, nos encontramos na tenda principal para a última transmissão ao vivo da Noite do Santuário em sua edição 2017. Depois dos agradecimentos a todos que fizeram possível a edição deste ano, as últimas brincadeiras, as impressões do fim de semana e a apresentação da “Night of the Shrine” (Noite do Santuário), pequeno jornal que junta todas as impressões do fim de semana e é impresso durante a noite de domingo, todos participaram da missa de encerramento e envio.

A Noite do Santuário é muito mais que um encontro de amigos num fim de semana em Vallendar. É a fusão perfeita e orgânica do que significa ser jovens schoenstatteanos, vivendo a Aliança de Amor no dia a dia. A Noite do Santuário é o lugar onde podemos ter um encontro consigo mesmo, nos formar, nos fortalecer e tornar a sair ao cenário depois de um ano carregado. Cada um sabe qual é o cenário que lhe corresponde viver, mas o belo disso é ver que não estamos sozinhos e que existem muitos loucos, como cada um de nós, que seguem adiante pelo caminho que nosso querido Padre Kentenich traçou para toda a família de Schoenstatt.

A Noite do Santuário me demostrou o porquê estou tão apaixonado por Schoenstatt

Como latino, viver um fim de semana em Schoenstatt, com tantos jovens e atividades tão variadas, onde o encontro com amigos e a diversão não estavam separados dos momentos religiosos e outras atividades de formação, foi uma linda experiência. Tudo estava entrelaçado de uma maneira tão natural, na qual cada um tinha seu espaço, tudo estava perfeitamente pensado e organizado. Demonstra e reafirma, e o digo de maneira pessoal, porque estou tão apaixonado por Schoenstatt. A Noite do Santuário é uma prova mais de tudo o que temos para oferecer ao mundo, um espaço, um cenário especial para cada um a sombra de nosso Santuário.

• Roberto González é paraguaio, membro do Instituto de Irmãos de Maria, atualmente estudando na Alemanha, e correspondente de schoenstatt.org

Original: Espanhol, 15.09.2017 – Tradução: Lena Ortiz, Ciudad del Este, Paraguai

Etiquetas: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *