Colocado em 16. Agosto 2017 In Santuário Original

Peregrinos franceses levam suas cores e seus corações ao Santuário Original

SANTUARIO ORIGINAL, Douglas e Vivian Moser (Espanha) •

Entre os dias 14 e 21 de julho o Santuário Original se vestiu de vermelho, azul e branco!

Nestes dias uma animada peregrinação francesa vinda de Cambrai, Paris e Toulon foi acolhida em Schoenstatt pelas irmãs de Maria, Resia Käppeler e Angeline Duvoisin, pelo Padre Deogratias Marahukiro, do Instituto dos Padres de Schoenstatt e algumas famílias da Espanha, pertencentes a Obra das Famílias e que possuem laços de amizade com casais deste país.

Foram dias vividos intensamente, nos quais, cerca de 60 peregrinos, entre eles três sacerdotes e o Monsenhor Dom Dominique Rey, bispo de Toulon, se aprofundaram no carisma de Schoenstatt vivenciando momentos lindos de confraternização e compreensão da origem do Movimento e da sua expansão pelo mundo.

Aliança de Amor no Santuário Original

O momento ápice da Peregrinação ocorreu no dia 18 de julho, data em que 22 peregrinos, após serem preparados pelo Padre Deogratias Marahukiro, selaram sua Aliança de Amor com Maria, no Santuário Original, entre eles, dois sacerdotes e Dom Rey. Um daqueles dias inesquecíveis, onde pode-se dizer que o “céu tocou a terra” dentro do Santuário Original, que vibrava ao som de cânticos em língua francesa, o que colaborou para deixar o momento da Aliança de Amor, conduzida pelo Reitor do Santuário, Padre Antonio Bracht, ainda mais abençoado e único.

Dom Rey foi presenteado com uma Cruz da Unidade, como recordação de sua Aliança de Amor selada com Maria no Santuário Original.

Muitos lugares visitados

Os peregrinos conheceram com detalhes a vida do Padre Kentenich e estiveram junto ao Pai e Fundador na Igreja da Santíssima Trindade.

Receberam explicações sobre a Obra das Famílias de Schoenstatt, sobre o Santuário Lar e vivenciaram um momento de oração no Santuário dedicado as Famílias.

Também tiveram a oportunidade de conhecer a Casa do Instituto dos Padres de Schoenstatt, bem como, a Casa Geral do Instituto dos Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt, na qual, se encontra o altar que pertenceu a Capela da barraca 26, do Campo de Concentração de Dachau. Neste lugar abençoado Dom Rey celebrou uma missa para os peregrinos de Toulon.

Muitos outros lugares relevantes também foram visitados e várias celebrações eucarísticas aconteceram nestes dias. Na Igreja da Santíssima Trindade, na Igreja dos Peregrinos no dia da Aliança de Amor e também no Santuário Original.

Um piquenique nos jardins da casa Marienau

O momento da despedida foi um descontraído piquenique nos jardins da casa “Marienau” diante do belo Santuário que este espaço tão acolhedor abriga. O encerramento foi conduzido por Dom Rey que, após a benção final, divertiu a todos com uma animada canção.

Certamente esta peregrinação deixou sua marca no Santuário Original e contribuirá para reavivar e fortalecer a unidade do Movimento de Schoenstatt em solo francês. Que a alegria destes dias possa também fazer eco em nossos corações e que, como família, nos unamos em oração a estes irmãos de língua francesa para que o Movimento de Schoenstatt, cada dia mais, se firme neste lindo país, tão abençoado pelo Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria!

 

Etiquetas: , , , , , , ,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *