Juventude Que se Movimenta

Juventud que se mueve, colaborando con el Proyecto Dequeni

JQM é um movimento juvenil de incidência real nas políticas públicas e nos processos que envolvem as diferentes juventudes do Paraguai.

A “Juventude que se Move” é uma iniciativa que surgiu no Paraguai no ano 2000 no seio das Juventudes Feminina e Masculina com o forte impulso do Padre Ludovico Tedeshi. Sua missão: construir um Paraguai limpo em todos os sentidos, livre da corrupção. Está ao serviço da juventude do Paraguai promovendo ações sociais em distintas comunidades e na formação de líderes.

Visão e missão

“A Juventude que se move é um conjunto de jovens que desperta e dá vida. Cremos nos nossos sonhos e procuramos ser protagonistas deles.

Não somos um agrupamento, nem um movimento, nem um partido político. omos jovens que se movem. O nosso único distintivo é a camisola da seleção do Paraguai e uma pulseira com as cores da bandeira. Isto expressa o grande princípio da JQM de que todos somos paraguaianos.

A expressão “que se move”, refere-se a “trabalho e ação”. Isto é o que caracteriza a nossa mobilização juvenil para criar uma mudança cultural através da prática e da vivência de valores.”

Destacam valores que mobilizam os jovens e procuram conquistá-los pedagogicamente:

  • El amor a à pátria.
  • A fe nas próprias forças. Nós podemos!
  • A atitude:perante os problemas, ser fatores de mudança e transformação.

Desde o ano 2000 participaram cerca de 100.000 jovens nas suas atividades.

Projetos

Um forte e concreto amor à Pátria mobiliza-os em torno de objetivos comuns. A camisola da seleção do Paraguai expressa que, sobre qualquer cor que separa, “Todos somos paraguaianos”. Trabalham para superar as fragmentações e divisões estéreis e aprendem a trabalhar em comunidade com a forte convicção de que muitos dos males que assolam o país têm raízes fortemente culturais como a corrupção, a injustiça, a mediocridade, a apatia. Os projetos estão orientados para gerar novos hábitos na cidadania, baseados em valores:

  • El O amor à Pátria
  • El O exemplo
  • La A autogestão
  • El A liderança partilhada
  • El Cuidado com o habitat
  • La A unidade
  • La A justiça

À luz do sol

Em 2003, a Juventude Que se Move (JQM) desenvolveu o projeto “À luz do sol” em conjunto com o município de Asunción e apoiados pelo CISNI, Consejo Impulsor del Sistema Nacional de Integridad. Esta iniciativa foi inspirada pelo desejo de recuperar o Decreto 22/96 “À luz do sol”, que estabelece o direito constitucional da cidadania de aceder aos documentos existentes no Município de Asunción com toda a informação relativa a bolsas, oportunidades de participação, fontes de emprego, serviços educativos e de saúde, etc.

Para restabelecer este decreto, os jovens realizaram um processo de investigação nas distintas dependências da Direção Geral da Área Social, registando o resultado desta investigação numa página Web que traz “â luz” a temática juvenil, cumprindo assim o papel de cidadania de deixar instalado um mecanismo de acesso à informação no Município de Asunción. Por outro lado, desenvolveram também uma fase de controlo sobre o pressuposto executado para a juventude durante o período de 2003.

“Porque com as nossas mãos jovens abraçamos o ideal de construir uma GERAÇÃO LIMPA, que seja capaz de se organizar para realizar os seus sonhos, vestir a camisola, elevar a verdade como bandeira e demonstrar o poder do exemplo através de ações para conseguir um Paraguai Limpo em todos os sentidos.

Aliança com a fundação iDeas de Córdoba (Argentina)

Afiche publicitario de Jovenes que se Mueven

A Juventude Que se Move (JQM) assinou um acordo com a Fundação iDeas de Córdoba, Argentina (uma organização de Comércio Justo cuja missão é transformar o meio ambiente… para apoiar as lojas ecológicas e de Comércio Justo de Córdoba), com o objetivo de formar parte de uma Rede de Jovens Solidários (Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai) que apoiará projetos orientados para promover a formação em valores, o compromisso cívico, a responsabilidade social e as práticas solidárias de adolescentes e jovens.

A Fundação iDeas viu na convocatória do “Programa de pequenos donativos para as organizações da sociedade civil” uma interessante oportunidade para trabalhar no Paraguai e juntou-se ao Banco Mundial. Mas queria uma referência no país para conseguir um maior impacto e foi assim que, por recomendação da Fundação Avina (uma fundação latino-americana que identifica oportunidades de ação para uma mudança sistémica que promova um desenvolvimento sustentado, vinculando e fortalecendo pessoas e instituições em agendas de ação partilhadas), assinaram a aliança com a JQM e criou-se o “Fondo Huellas” que para além do contributo do Banco Mundial, planeia conseguir outros patrocinadores para ter autonomia. “Será um fundo aberto a empresas e organizações que queiram apoiar projetos da juventude”, acrescentou Andrés Morassi da JQM.

Programas para jovens

Desde 2009 que a JQM está a impulsionar espaços de formação de líderes juvenis, com um valor construtivo e centrado nas necessidades dos jovens, baseados num diagnóstico de cada comunidade.

Estes espaços são a “Escola de Liderança Juvenil”, dirigida a estudantes do secundário; o programa para jovens em idade universitária “Protagonistas” e o programa de Fortalecimento de Iniciativas Juvenis dirigido à implementação de soluções criativas para as problemáticas sociais nas comunidades; chegando assim a estar em contacto com cerca de 200 jovens de diferentes comunidades.

Os projetos da JQM representam hoje o principal motor de movimento da organização, convertendo-se numa resposta clara e necessária perante a falta de espaços de formação juvenil a nível nacional.

Liderança juvenil

Com este espaço pretende-se, através de uma intervenção educativa a partir de uma metodologia baseada na visão integral, criar as condições necessárias para estimular o espírito crítico, a capacidade de diálogo e a participação ativa dos jovens no processo de aprendizagem através das novas ferramentas que nos oferece a tecnologia. Deste modo, formar-se-ão como cidadãos ativos na construção da democracia, o contributo vital que a juventude pode dar graças à elaboração e execução de projetos de desenvolvimento comunitário.

A denominada “Geração Bicentenária” deve ter a capacidade de aprender mediante diferentes olhares, experiências inter-geracionais e conhecimentos integrados para construir um modelo de país, baseado na vivência e no respeito dos direitos humanos procurando a convivência harmoniosa com valores como o respeito e o amor pelos seres humanos, a natureza, o país e o mundo.

++Ação

Através deste espaço procuram fomentar e fortalecer as lideranças juvenis, mediante a criação de empreendimentos sociais propostos pelos mesmos, que promovam uma incidência real na construção de políticas públicas e processos de juventude dentro das suas comunidades.

O objetivo geral é desenhar e implementar cinco projetos concretos de desenvolvimento comunitário, impulsionados por grupos de jovens nas suas respetivas comunidades. Capacitando ao longo do processo 25 jovens de cinco cidades do país, envolvendo nos projetos selecionados pelo menos 1500 jovens das 5 cidades.

Protagonistas

Este espaço pretende promover o crescimento de jovens líderes, mediante o intercâmbio dinâmico de saberes e experiências, para que possam assumir o seu papel de cidadãos protagonistas no desenvolvimento do nosso país.

Procura ser um espaço de aprendizagem multi-disciplinário, de referência a nível nacional, para formação de jovens que assumiram a futura liderança do país.

Outros projetos

  • Construção do bairro Vista Alegre em conjunto com o Município
  • Promoção do projeto Dequení en colegios de Paraguay
  • Jornadas de orientação vocacional
  • Apoio às vítimas das inundações do Rio Paraguai

Contacto

http://jqmpy.blogspot.de/
[email protected]

Afiche publicitario de Jovenes que se Mueven

 

Original:Espanhol – Tradução:Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal