Colocado em 8. Fevereiro 2018 In sinodo18

Lucas, Madalena e tantos jovens a quem Francisco quer ouvir

RUMO AO SÍNODO DA JUVENTUDE, Maria Fischer e Claudia Echenique •

Se o Sínodo da Juventude tivesse sido convocado pelo Papa Bento XV em 1914, os jovens da geração fundadora de Schoenstatt, com o seu Assessor de apenas 28 anos de idade, o Padre José Kentenich, teriam participado com muito entusiasmo e compromisso. Ele acreditava na força dinamizadora e criadora da Juventude para impulsionar o desenvolvimento de Schoenstatt face aos desafios do tempo.

Um século depois, o Papa Francisco quer, realmente, ouvir os jovens, porque deseja uma Igreja pensada com eles e a partir deles. Há um ano convocou o Sínodo da Juventude com o tema: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, que terá lugar em Roma, em Outubro de 2018. “Quis que vocês ocupassem o centro da atenção porque vos trago no coração” disse-lhes em 13/1/2017.

Como participam os jovens num Sínodo de Bispos?

Na caminhada para o Sínodo, muitos perguntar-se-ão de que modo, podem participar os jovens se o Sínodo é só para os Bispos?

A preparação teve uma primeira etapa com o inquérito aos jovens do mundo inteiro, da Igreja e de fora dela, que foi respondido por uns 200.000 jovens. A seguir, o Seminário Internacional realizado em Roma em Setembro de 2017, reuniu peritos profissionais de várias áreas e 20 jovens dos cinco continentes, para analisarem temas, tais como, os jovens e a transcendência, os projectos, a tecnologia, a alteridade e a identidade. Na última etapa preparatória, de 19 a 24 de Março próximos, o Papa Francisco convocou um Pré-Sínodo que reunirá 300 jovens de todo o mundo “para expressarem os seus desejos, incertezas e expectativas”, escreveu o Cardeal Lorenzo Baldisseri, Secretário-Geral do Sínodo. “O Papa quer ouvir todos os jovens, não apenas os católicos ou os crentes, mas, todos, também os afastados da Igreja ou os que nunca se Lhe aproximaram”, explicou o Pe. Alexandre Awi, Secretário do Dicastério para os Leigos, a Vida e a Família, num recente Congresso dos Salesianos em Madrid.

 

Cardeal Baldisseri, Papa Francisco, Pe. Alexandre Awi “em saída”

Dois jovens schoenstatteanos no Pré-Sínodo

Por estes dias, soube-se que, entre os jovens que participarão neste Pré-Sínodo, estarão (pelo menos) dois schoenstatteanos: Lucas Galhardo da Juventude Masculina do Brasil que, já participou no Seminário Internacional em Setembro de 2017 e que foi escolhido como representante de Schoenstatt e Magdalena Hartmann da Juventude Feminina da Alemanha escolhida pela Conferência Episcopal alemã.

Eles partilharão estes cinco dias de diálogo, intercâmbio e propostas, com jovens oriundos do mundo inteiro, designados pelas Conferências Episcopais, pelos Movimentos Eclesiais, pelas Igrejas Orientais, pelos Centros de Preparação para o Sacerdócio e para a Vida Consagrada. Também haverá delegados do mundo escolar, da universidade e da cultura, do trabalho, dos desportos, das artes, do voluntariado, do mundo juvenil nas periferias, assim como, jovens de outras religiões ou totalmente afastados da fé.

Com todas estas valiosas contribuições será redigido o Instrumentum laboris, o documento de trabalho que será usado pelos Padres Sinodais para a preparação das intervenções que ocorrerão na Assembleia de Outubro.

Lucas Galhardo, Juventude Masculina de Schoenstatt do Brasil, no Seminário Internacional

Ouvir, aprender e mudar

Este Sínodo, na verdade, deveria ser o Sínodo de Schoenstatt. Através dos jovens, das suas histórias, das suas experiências, das suas inquietações, perguntas, ideias, compromissos e sonhos, todos os que formamos parte da Igreja, podemos aprender e mudar, ao ritmo a que a Igreja universal muda também com os jovens.

Eles encarnam os desafios da mudança e, neles, se forja o Evangelho dos próximos tempos, com as suas vivências e histórias de vida. Em seus corações forjar-se-ão os novos carismas através dos quais o Espírito Santo conduzirá a Igreja e Schoenstatt nos seus, ser e missão.

Rezar pelo Sínodo é rezar pelas próximas gerações

Em schoenstatt.org, desde há tempo que estamos a difundir a iniciativa “Pray for Synod”, um projecto dos Esculápios, no seu Ano Jubilar, aberto ao mundo inteiro e que tem o apoio da Secretaria-Geral do Sínodo dos Bispos, assim como, de Instituições como o CELAM, a COMECE ou UCESM, dos meios de comunicação e de outras plataformas católicas. Continuamos a convidar a rezarem pelo Sínodo – e agora, a rezarem, especialmente, pelo Lucas e pela Magdalena e, por todos os outros jovens que vão participar no Pré-Sínodo.

 

Fotos: Dicastério para os Leigos, a Vida e a Família

Original: espanhol (5/2/2018). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *