Colocado em 5. Novembro 2017 In Francisco - Mensagem

New York, Cabul, Mogadíscio – rezemos com e como o Papa pelos falecidos, pelos feridos e pelos seus familiares

REZEMOS COM O PAPA FRANCISCO •

No encontro do Ângelus de Todos os Santos, depois da oração à Mãe de Deus, o Papa Francisco expressou a sua repulsa pelo terrorismo que voltou a semear dor em várias partes do mundo:

“Estou profundamente triste com os ataques terroristas destes últimos dias na Somália, no Afeganistão, e ontem em Nova Iorque. Ao mesmo tempo que deploro tais actos de violência, rogo pelos falecidos, pelos feridos e pelos seus familiares. Peçamos ao Senhor que converta os corações dos terroristas e liberte o mundo do ódio e da loucura homicida que abusa do nome de Deus para semear a morte”.

Entre os falecidos de Nova Iorque há cinco homens da cidade do Rosário, Argentina que viajaram aos Estados Unidos para celebrar juntos os 30 anos da sua licenciatura.

O Papa terminou as suas saudações referindo-se à Missa do dia 2 de Novembro, pelos caídos em todas as guerras, presidida por ele, no dia da Solenidade de todos os Fiéis Defuntos, no Cemitério Americano de Neptuno, perto de Roma e, ao momento de oração no Mausoléu das Fossas Ardeatinas pelas vítimas do massacre de 24 de Março de 1944, na capital italiana

E, pediu que o acompanhemos com a oração:

“Amanhã à tarde irei ao Cemitério Americano de Neptuno e a seguir às Fossas Ardeatinas: peço-vos que me acompanhem com a oração nestas duas etapas de memória e de sufrágio pelas vítimas da guerra e da violência. As guerras, nada mais produzem, senão cemitérios e morte: é por isso que quis dar este sinal num momento em que a nossa Humanidade parece que não aprendeu a lição ou não a quer aprender”.

 Original: alemão (1/11/2017). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *