Colocado em 8. Fevereiro 2018 In Francisco - iniciativos e gestos

O Papa convoca uma jornada de oração e de jejum pela paz

JORNADA DE ORAÇÃO E DE JEJUM PELA PAZ

“O que posso fazer eu pela paz?”.
Depois da oração do Ângelus, no Domingo 4 de Fevereiro, o Papa Francisco anunciou que, face às trágicas situações de conflito que se prolongam em várias partes do mundo, deseja convidar todos os fiéis para uma especial Jornada de oração e de jejum pela paz, para o próximo dia 23 de Fevereiro, sexta-feira da Primeira Semana da Quaresma. “Oferecemo-la especialmente – disse – pelas populações da República Democrática do Congo e do Sudão do Sul”, dois países africanos duramente fustigados por conflitos civis.

E convidou também, como em outras ocasiões, os irmãos e as irmãs não católicos e não cristãos, a associarem-se a esta iniciativa segundo as modalidades que considerem mais oportunas. “Dirijo um forte apelo que também nós escutemos este grito e, cada um na sua própria consciência, diante de Deus, se questione: ‘O que posso fazer eu pela paz?” Certamente, podemos rezar mas, não apenas isto: cada um pode dizer, concretamente, “não” à violência no que de si próprio depender”.

O Papa terminou afirmando que “a vitória obtida com violência são falsas vitórias, trabalhar pela paz faz bem a todos!” Francisco dirigiu um premente apelo para que, também, nós ouçamos o grito de dor e de angústia e, para que, cada um de nós, nos perguntemos perante Deus:” O que posso fazer eu pela paz?”

Original: espanhol (5/2/2018). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *