Colocado em 31. Maio 2017 In Dilexit ecclesiam, Igreja - Francisco - movimentos, Schoenstatteanos

“Sigamos trabalhando juntos em aliança pelo Papa Francisco”: Pe. Alexandre Awi nomeado Secretário do Dicastério para os leigos, a família e a vida

VATICANO/BRASIL/SCHOENSTATT.ORG, Maria Fischer •

O Schoenstatt do segundo século é o Schoenstatt ao serviço da igreja e dos irmãos nas periferias existenciais do mundo. Ao serviço desinteressado, ou seja, um serviço tipo “Schoenstatt inside”, que não busca reconhecimento, senão oferecer seus dons a todos. Quem fala do mérito dos franciscanos ao ver o presépio? Quem falará de Schoenstatt ao viver a cultura da aliança nas empresas, no âmbito político, no serviço aos pobres, nas escolas e na própria igreja algum dia? Isto é, um Schoenstatt do 31 de maio, do oferecimento missionário do melhor em Schoenstatt para o melhor da igreja? – Um diálogo em uma das noites da Conferência 2014 em fevereiro de 2009, com o Pe. Alexandre Awi, depois de sua intervenção sobre cultura da aliança, que vem à mente hoje, no 31 de maio de 2017 (a poucos dias do 31 de maio), enquanto o escritório de Imprensa do Vaticano difunde a notícia da nomeação do Pe. Alexandre Awi, brasileiro, como Secretário do Dicastério sobre leigos, família e vida. Fato resumido em quatro palavras por alguém que participou deste diálogo noturno: “Perde o Brasil, ganha a igreja”.

O Padre Alexandre Awi Mello ISch foi nomeado hoje, 31 de maio de 2017, secretário do novo Dicastério do Vaticano para os leigos, a família e a vida. O padre de Schoenstatt, natural do Brasil, dessa forma foi chamado a reiterar ao cardeal Kevin Joseph Farrell a quem havia sido confiado a direção da mesma congregação com sua nomeação como prefeito em 15 de agosto de 2016. No marco da atual reforma da Cúria Romana o recém criado Dicastério é responsável, entre outros aspectos, pelas questões da pastoral da juventude e da pastoral familiar, pelo apostolado dos leigos na igreja e no mundo, assim como pelas questões em torno a vida humana (bioética, proteção a vida).

Paralelo a sua formação e docência em teologia, seus estudos de pós-graduação em mariologia e sua especialização em aconselhamento pastoral (há poucos dias publicou seu mais novo livro sobre acompanhamento espiritual, “A arte de ajudar”), através de sua atividade como Diretor do Movimento de Schoenstatt no Brasil adquiriu valiosas experiências na pastoral da juventude, no trabalho pastoral com famílias e no acompanhamento de pessoas em variadas condições de vida, assim como, na pastoral popular em torno aos santuários marianos. Uma experiência destacada para ele foi a colaboração com o cardeal Bergoglio – o atual Papa Francisco – durante a 5ª Conferência do Conselho Episcopal Latino-americano em Aparecida, Brasil (maio de 2007) e o acompanhamento como secretário do Papa durante a Jornada Mundial da Juventude em 2013 no Rio de Janeiro.

 


Sobre sua relação com o Papa Francisco, o Pe. Alexandre Awi Mello contou repetidas vezes em entrevistas. O amor a Maria que ambos cultivam intensamente se converteu em um tema que os une, surgindo o livro “Ela é minha mãe – Encontros do Papa Francisco com Maria” (Edições Loyola Brasil, 2014), editado em português, espanhol, alemão e com uma versão em inglês em preparação.

Quem quer conhecer o Papa Francisco na sua forma de amar e pensar mais profundas deve ler este livro. Quem quer saber mais sobre o Pe. Alexandre, o novo Secretário do Dicastério para os leigos, a família e a vida, também.

Tenho em mãos este livro, em português, que o Pe. Alexandre me presenteou no ano de 2014, no ano do Jubileu da Aliança de Amor. Em sua dedicatória pessoal, escreveu de próprio punho:
“Que o testemunho do Papa Francisco fortaleça ainda mais seu amor a Maria. Com carinho e gratidão, unidos na cultura da aliança…”
Dois anos mais tarde, tive o grande desafio e privilégio de traduzir este livro ao alemão. Ao me presentear o livro em espanhol (sabendo que o meu espanhol era muito melhor que o meu português), escreveu:
“Sigamos trabalhando juntos em aliança pelo Papa Francisco.”
O que mais podemos oferecer ao Padre Alexandre agora em sua nova tarefa a serviço do Papa Francisco?

Original: espanhol. Tradução: Cassio Leal, São Paulo, Brasil

Imprensa: Padre Alexandre Awi Mello PT

http://schoenstatt-fathers.org/es/news/press/people/alexandre-awi-mello

Etiquetas: , , , , , , ,

3 Responses

  1. Parabéns padre Alexandre que DEUS reative o seu sim a cada dia

  2. Que possamos juntos com o Pe. Alexandre também assumir esse compromisso de nos colocarmos a serviço da Igreja, ainda que com pequenos gestos. Seguimos unidos na Aliança!

  3. Obrigada Padre Alexandre por mais um SIM à Igreja. Neste 31 de Maio estamos unidos como Família de Schoenstatt em oração a sua nova missão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *