Colocado em 30. Janeiro 2018 In Artigos de Opinião

Juventude paraguaia: espírito de serviço alegre e comprometido

PARAGUAI, Monsenhor Claudio Giménez •

A nossa Juventude é realmente maravilhosa. Estiveram a trabalhar sem descanso, servindo no dia 18, em vários lugares, com muita responsabilidade e conscientes da tarefa que tinham assumido para esse dia da Aliança.

Trabalharam com os adultos, como aliados de Maria. Justamente, já há tempo que a Igreja no Paraguai, vinha desejando premiar a nossa juventude por esse espírito de serviço nas Paróquias, nos Movimentos, nas comunidades religiosas.

Uma Igreja lutadora e alegre

Mas o acontecimento que, acelerou o reconhecimento, foi a visita do Papa Francisco. Nessa altura, os jovens demonstraram como sabem fazer as coisas, onde quer que se lhes peça, na Igreja.

O Papa expressou com palavras a experiência vivida com os jovens no Paraguai. Disse, no avião, quando regressava a Roma: “Encontrei uma Igreja lutadora e alegre”.

Quando íamos atrás dele com a sua comitiva, víamos rostos alegres e jovens com um lindo sorriso por todo o lado. Isso ficou gravado na alma.

Triénio da Juventude (2017 – 2019)

A essa Juventude, a Igreja do Paraguai oferece três anos consecutivos, o Triénio da Juventude, com o Lema “Abraçados a Jesus Cristo”.

Nestes três anos (2017, 2018, 2019), pretende-se que em todas as novenas, de todas as Festas de Padroeiros (de Capelas, Paróquias, Catedrais, Santuários) se reflicta sobre a Juventude: sobre os seus valores, os seus problemas e as possíveis soluções.

Os jovens merecem que nos concentremos neles e lhes prestemos a nossa máxima atenção.

Sementes a partir dos Santuários

Nos diversos Santuários de Schoenstatt (Tupãrenda, Assunção, Ciudad del Este) pululam jovens maravilhosos, ansiosos por participar e sentirem-se úteis, em alguma tarefa, ao serviço da Igreja no nosso país. Excelentes são os seus acampamentos, retiros, missões familiares e universitárias.

Na nossa Juventude há muito mais coisas positivas do que as que dão dores de cabeça à sociedade (que também abundam e se vão multiplicando). Mas, também, o desejo de superação cresce.

O Pe. Kentenich aos jovens

Ponho uma pergunta aos grupos (de rapazes e de raparigas), neste ano dedicado em Schoenstatt ao Padre Kentenich a nível mundial (15/9/17 a 15/9/18), 50º aniversário da sua morte:

Que coisas, disse o Pe. Kentenich sobre a Juventude?

Muitas coisas. Mas, quais te tocaram mais e porquê?

Fonte: Revista Tupãrenda, Novembro/Dezembro de 2017

Original: espanhol (21/1/2018). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *